Notícias

por admin publicado 09/11/2018 11h15, última modificação 13/11/2018 13h37

Parlamentares pedem atenção do Governo do Estado para os hospitais do município

por Comunicação — publicado 24/09/2021 12h38, última modificação 24/09/2021 12h38
Parlamentares pedem atenção do Governo do Estado para os hospitais do município

Foto: Vladimir Barreto


Na sessão plenária da quinta-feira (24) as vereadoras e vereadores fizeram um apelo ao Governo do Estado para que sejam tomadas providências com relação à saúde no município. Os edis afirmaram que faltam macas, ambulâncias e técnicos nos hospitais e nas unidades de saúde. O presidente da Casa, Bruno Lambreta (PSDB) destacou que na gestão passada foi solicitado, através de requerimentos e indicações, a aquisição de ambulâncias, macas e técnicos, mas que apenas o município atendeu a demanda. 

Izaac da Saúde (CIDA), falou que Caruaru tem feito o trabalho do Estado, visto que a transferência de pacientes tem sido feita com as ambulâncias do município. O parlamentar ainda disse que quando precisa transferir algum paciente e não tem ambulância, a prefeitura disponibiliza o veículo, mas os enfermeiros não autorizam porque exigem a presença de técnicos. “Além do município disponibilizar a ambulância e fazer o trabalho que é de competência do estado, eles exigem também a disponibilização de um técnico do município e muitas vezes até as macas”. 

As vereadoras e vereadores fizeram um apelo aos deputados estaduais para que tomem as devidas providências em conjunto com o Governo do Estado. 

Ainda na ocasião, Carlinhos da Ceaca (MDB) fez uma denúncia sobre uma caixa d’água danificada nas imediações do Monte Bom Jesus. De acordo com o edil, os funcionários do local o procuraram e pediram ajuda, pois estão com receio de que ocorra um acidente. Carlinhos disse, por meio de uma nota técnica emitida pelo engenheiro civil da Compesa, Linaldo Mendes dos Santos, que a caixa d’água precisa ser esvaziada para que se possa tomar as devidas providências. Edmilson do Salgado (PSDB), Maurício Caruaru (PODE), Anderson Correia (PP) e Val Lima (PSL) se comprometeram em visitar o local nesta sexta-feira (24) e acionar a Compesa. 

Cabo Cardoso (PP) fez um apelo aos deputados, extensivo ao Governo do Estado, pedindo mais atenção na segurança pública do município. Os edis se manifestaram com relação ao tema e reforçaram o pedido de Cardoso.  

Acompanhe a Sessão Plenária Virtual na íntegra através das redes sociais do Poder Legislativo, da TV Câmara, canal 22.2 e confira o andamento de todas as matérias que tramitam na Casa pelo Sistema de Apoio ao Processo Legislativo (SAPL).


Desafios do Terceiro Setor são discutidos em audiência pública

por Comunicação — publicado 22/09/2021 15h05, última modificação 22/09/2021 15h04
Desafios do Terceiro Setor são discutidos em audiência pública

Foto: Vladimir Barreto


Audiência pública virtual proposta pelo parlamentar Jorge Quintino (PTB) reuniu vereadoras, vereadores e autoridades para discutir os desafios do Terceiro Setor na quarta-feira (22). O especialista Takashi Yamauchi falou sobre a importância do 3º Setor na condução e construção da gestão municipal e a necessidade de capacitação da sociedade com relação ao tema. Yamauchi afirmou que a falta de conhecimento impacta diretamente nos setores da sociedade e no desenvolvimento econômico e social, bem como na construção de políticas públicas. 

O representante da entidade Mobilicei, Severino Antônio destacou a necessidade da gestão municipal caminhar junto das entidades que colaboram com o desenvolvimento da cidade.  Antônio afirmou que a Mobilicei tem o objetivo de auxiliar o município na educação de crianças para o trânsito e a mobilidade urbana, visto que há uma migração significativa das populações do campo para a cidade. Ele ainda reiterou que a entidade está retornando após o falecimento do CEO Ricardo Henrique. 

Ainda na ocasião, o secretário executivo de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, Yuri Ribeiro afirmou que a pasta tem trabalhado em conjunto com Conselho de Assistência Social e que tem buscado o fortalecimento das entidades. Ribeiro ressaltou que os repasses para o Terceiro Setor são de uma média de R$ 1 milhão e que tem procurado desburocratizar o processo de formalização das entidades junto ao Conselho Municipal de Assistência Social. 

Acompanhe a Sessão Plenária Virtual na íntegra através das redes sociais do Poder Legislativo, da TV Câmara, canal 22.2 e confira o andamento de todas as matérias que tramitam na Casa pelo Sistema de Apoio ao Processo Legislativo (SAPL).


Vereadoras fazem apelo ao Executivo para Reabertura da Biblioteca Álvaro Lins

por Comunicação — publicado 22/09/2021 10h35, última modificação 22/09/2021 10h35
Vereadoras fazem apelo ao Executivo para Reabertura da Biblioteca Álvaro Lins

Foto: Vladimir Barreto


Mery da Saúde (PSD) e Perpétua Dantas (PSDB) falaram sobre a situação da Biblioteca Álvaro Lins na Sessão Plenária Virtual da terça-feira (21). O equipamento municipal que leva o nome de um dos maiores críticos literários do país está fechado há 5 anos. As vereadoras ressaltaram a importância do acervo não só para a cultura local, mas para o país como um todo. Mery convocou a Comissão de Educação, Cultura e Esportes e pediu que a pasta se aproximasse da pauta. O presidente da comissão, Jorge Quintino (PTB) afirmou que irá tomar as medidas cabíveis. Os parlamentares também aprovaram o Projeto de Lei nº 8.684/2021 e as proposituras da ordem do dia.  

O PL nº 8.684/2021 é propositura do vereador Fagner Fernandes (PDT) e visa à proibição do uso de chicotes por condutores de carroças de tração animal. Os cidadãos que descumprirem a Lei deverão ser punidos com uma multa no valor de R$ 1 mil. 

O presidente da Casa, Bruno Lambreta (PSDB) falou sobre a visita que fez ao Instituto do Câncer Infantil do Agreste (ICIA), acompanhado do vereador Anderson Correia (PP) e destacou a indicação nº 319/2021 que solicita, ao Governo do Estado, o credenciamento da instituição. O presidente também falou sobre o Setembro Dourado, mês de combate ao câncer infantil e frisou a importância do movimento. 

Perpétua Dantas e Cabo Cardoso (PP) celebraram o Dia Nacional da Pessoa com Deficiência. Os edis ressaltaram a importância do tema e do desenvolvimento de mais políticas públicas voltadas para essas pessoas, além de campanhas de conscientização da população. 

Ainda na sessão, Maurício Caruaru (PODE) e Aline Nascimento (CIDA) falaram sobre a redução de energia na zona rural. De acordo com Maurício, o racionamento de energia vai impactar diretamente no abastecimento de água de caminhões pipa que transportam água para a zona rural. Nascimento destacou que as famílias da zona rural não podem sofrer com essa redução e que é preciso estudar outras possibilidades de racionamento. 

Acompanhe a Sessão Plenária Virtual na íntegra através das redes sociais do Poder Legislativo, da TV Câmara, canal 22.2 e confira o andamento de todas as matérias que tramitam na Casa pelo Sistema de Apoio ao Processo Legislativo (SAPL)


Educação e a infraestrutura da cidade foram temas discutidos no plenário

por Comunicação — publicado 17/09/2021 08h46, última modificação 17/09/2021 08h46
Educação e a infraestrutura da cidade foram temas discutidos no plenário

Foto: Vladimir Barreto


Na sessão plenária virtual da quinta-feira (16), o vereador Jorge Quintino (PTB) falou sobre o Programa Tempo Certo. Iniciativa do Poder Executivo que visa garantir o avanço, com qualidade, do ensino da rede pública durante o período da pandemia da Covid-19. Quintino destacou a importância de desenvolver políticas públicas voltadas para educação e falou sobre o PL nº 9.099/2021, aprovado em plenário na terça-feira (14). O projeto compõe o Programa Tempo Certo e visa o acesso à internet para profissionais da educação. 

Ainda na sessão, o parlamentar Cabo Cardoso (PP) fez um apelo ao Executivo, pedindo a pavimentação da avenida Leão Dourado, via de acesso ao polo industrial e ao aeroporto da cidade. Cardoso ainda pediu atenção para a situação do aeroporto e ressaltou a necessidade de ampliação do local. O vereador sugeriu que a prefeita Raquel Lyra (PSDB) faça uma parceria público privada no sentido de aumentar a demanda de voos. “Caruaru é uma cidade grande e precisa de aeroporto que atenda todas as regiões do país”, afirmou.

O vereador Fagner Fernandes, (PDT), disse que esteve no Loteamento Luar de Caruaru e a população reclamou da escuridão do local e da falta de uma coleta de lixo mais eficiente. O edil afirmou que há poucos postes de iluminação pública no local e que por isso é tão escuro. Com relação ao lixo, Fernandes falou que o caminhão que recolhe não entra no loteamento e a população do local precisa ir até a avenida para poder jogar seu lixo. 

Acompanhe a Sessão Plenária Virtual na íntegra através das redes sociais do Poder Legislativo, da TV Câmara, canal 22.2 e confira o andamento de todas as matérias que tramitam na Casa pelo Sistema de Apoio ao Processo Legislativo (SAPL).


Projeto de Lei que promove desenvolvimento sustentável é aprovado em Plenário

por Comunicação — publicado 16/09/2021 11h01, última modificação 16/09/2021 11h01
Projeto de Lei que promove desenvolvimento sustentável é aprovado em Plenário

Foto: Vladimir Barreto


Foi aprovado na Sessão Plenária Virtual da terça-feira (14), o Projeto de Lei nº 9.100/2021. A propositura é do Poder Executivo e prevê a filiação do município à organização não governamental ICLEI - Governos Locais pela Sustentabilidade. A medida tem o objetivo de promover a gestão e o desenvolvimento urbano de forma sustentável. Ainda na ocasião foram aprovadas 111 proposituras da ordem do dia e mais dois PL’s, um do executivo e outro do vereador Nelson Diniz (CIDA). 

O PL nº 9.099/2021 autoriza a concessão de recursos financeiros aos profissionais da educação. A verba será destinada para a contratação de pacotes de internet fixos ou móveis. A iniciativa compõe o Programa Tempo Certo e visa o desenvolvimento dos trabalhos nas escolas do município, visto que por causa da pandemia da Covid-19, o ensino da rede pública passa a ser híbrido.   

Além dos projetos do Executivo, também foi aprovado o PL nº 8.730/2021, do parlamentar Nelson Diniz. A propositura tem a finalidade de instituir no município, a Semana de Conscientização e Combate ao Feminicídio e a Violência Contra a Mulher. A vereadora Perpétua Dantas (PSDB), elogiou o colega e trouxe dados de que durante a pandemia, os casos de violência contra mulher aumentaram em 20% de acordo com os números do Fórum Brasileiro de Segurança Pública. 

Ainda na sessão, a vereadora Mery da Saúde (PSD) falou sobre a situação das estradas da zona rural. De acordo com ela, o acesso aos Sítios Murici, Araçá, Serra dos Cavalos, Bambu, Mata Negro e Lagoa do Paulista estão intransitáveis por causa dos buracos. Outros edis manifestaram apoio a causa levantada por Mery e fizeram um apelo à prefeitura, para que sejam tomadas as devidas providências nos locais. O Sítio Murici possui um fluxo intenso de caminhões que comercializam água mineral para a cidade e região e é uma importante via de acesso a outras regiões da zona rural do município. 

Acompanhe a Sessão Plenária Virtual na íntegra através das redes sociais do Poder Legislativo, da TV Câmara, canal 22.2 e confira o andamento de todas as matérias que tramitam na Casa pelo Sistema de Apoio ao Processo Legislativo (SAPL).


PL que institui Semana de Conscientização e Combate ao Feminicídio foi avaliado em Reunião da CDDM

por Comunicação — publicado 13/09/2021 11h53, última modificação 13/09/2021 11h53
PL que institui Semana de Conscientização e Combate ao Feminicídio foi avaliado em Reunião da CDDM

Comunicação


A Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher (CDDM) se reuniu na segunda-feira (13) e avaliou o Projeto de Lei nº 8.730/2021, do parlamentar Nelson Diniz (CIDA). A iniciativa prevê a instituição da Semana de Conscientização e Combate ao Feminicídio e à Violência Contra a Mulher no calendário municipal. A Comissão também analisou outras duas proposituras que visam os direitos das mulheres. 

O Projeto de Resolução nº 731/2021 assegura a participação da mulher na Comissão Executiva e na composição das Comissões Permanentes e de representação da Câmara de Vereadores. A propositura é da parlamentar Aline Nascimento (CIDA). De acordo com a justificativa do projeto, "a participação da mulher nos espaços de poder e de tomada de decisão não diz respeito apenas a ela, mas uma questão de democracia”. 

Os presentes também analisaram o PL nº 8.801/2021. A propositura de Mery da Saúde (PSD) tem o objetivo de instituir, no âmbito municipal, o Programa de Cooperação Sinal Vermelho. A medida visa a facilitação de denúncias de violência doméstica ou familiar. A vítima pode dizer “Sinal Vermelho" ou sinalizar com um “X” na palma da mão e comunicar seu pedido de socorro.   

Ainda na ocasião, também esteve presente a Comissão de Políticas Públicas para Juventude (CPPPJ) que avaliou o PL nº 8.825/2021. A iniciativa é do vereador Irmão Ronaldo (PROS) e visa instituir, no calendário municipal, o Dia dos Jovens Cristãos. Todas as proposituras tiveram seus pareceres favoráveis pelas comissões. 

Acompanhe a Sessão Plenária Virtual na íntegra através das redes sociais do Poder Legislativo, da TV Câmara, canal 22.2 e confira o andamento de todas as matérias que tramitam na Casa pelo Sistema de Apoio ao Processo Legislativo (SAPL).

Sistema de Apoio ao Processo Legislativo agora pode ser acessado em Libras

por Comunicação — publicado 10/09/2021 10h25, última modificação 10/09/2021 10h45
Sistema de Apoio ao Processo Legislativo agora pode ser acessado em Libras

Foto: Vladimir Barreto

O presidente da Casa, Bruno Lambreta (PSDB), falou sobre o acesso ao Sistema de Apoio ao Processo Legislativo (SAPL) na Plenária Virtual da quinta-feira (09). Lambreta destacou que, graças a propositura do vereador Jorge Quintino (PTB), agora o SAPL pode ser acessado via Linguagem Brasileira de Sinais. Além disso, o parlamentar frisou a importância de que os equipamentos públicos se tornem cada vez mais acessíveis à população. Os parlamentares também votaram 33 proposituras da ordem do dia. 

As vereadoras e vereadores também fizeram um agradecimento ao secretário de Serviços Públicos e Sustentabilidade, Ytalo Farias, pelos serviços prestados à população nas últimas semanas.  


Perpétua Dantas (PSDB), Fagner Fernandes (PDT) e Cabo Cardoso (PP) falaram sobre retirada dos ambulantes do centro da cidade. Dantas afirmou que teve acesso a um vídeo com cenas do momento em que os ambulantes foram abordados e afirmou que ficou preocupada com a ação dos agentes públicos. A parlamentar disse que entende a necessidade de ordenamento da cidade, mas que a abordagem precisa ser menos truculenta. “Essas pessoas são seres humanos e estão tentando trabalhar” reiterou Perpétua. 

Ainda na Sessão, os parlamentares discutiram a infraestrutura do município. Leonardo Chaves (PSDB) pediu atenção para as estradas de Malhada de Pedras e do Sítio Serra Velha. Chaves destacou que a manutenção das estradas já podem ser retomadas, visto que o período de chuvas passou. Fagner Fernandes falou sobre a falta de manutenção na Academia das Cidades e apresentou o requerimento nº 3348/2021, solicitando a reforma do espaço. 

Acompanhe a Sessão Plenária Virtual na íntegra através das redes sociais do Poder Legislativo, da TV Câmara, canal 22.2 e confira o andamento de todas as matérias que tramitam na Casa pelo Sistema de Apoio ao Processo Legislativo (SAPL).


PL que concede recursos aos profissionais da educação é analisado em reunião das comissões

por Equipe Comunicação — publicado 08/09/2021 12h45, última modificação 10/09/2021 10h28

Em reunião conjunta das comissões na quarta-feira (08), o Projeto de Lei nº 9.099/2021, de autoria do Poder Executivo, foi analisado e recebeu parecer favorável. A iniciativa é parte do Programa Tempo Certo e concede, aos profissionais da rede municipal de educação, o valor de 50 reais para contratação de pacotes de dados móveis ou fixo. O secretário de educação João Paulo, esteve presente e afirmou que a medida tem o objetivo de garantir que as professoras e professores possam retornar às atividades pedagógicas e desenvolver seus trabalhos com uma melhor conectividade, visto que por causa da pandemia da Covid-19, o ensino da rede municipal passa a ser híbrido. 


Ainda na ocasião, os edis avaliaram o PL nº 9.100/2021. O projeto, também proposto pelo Poder Executivo, visa a filiação do município à rede global, Governos Locais pela Sustentabilidade (ICLEI). De acordo com o secretário de serviços públicos e sustentabilidade, Ytalo Farias, o ICLEI auxiliará o município na elaboração de políticas públicas que visam a sustentabilidade. Os especialistas do ICLEI trabalham em conjunto com os governos locais e regionais para antecipar e responder aos desafios complexos da urbanização e mudanças climáticas. As comissões votaram favoráveis ao PL. 


Também foram analisados 11 Projetos de Lei que denominam logradouros no município e o PL nº 8.909/2021 do vereador Anderson Correia (PP). A propositura de Correia prevê a proibição de realização de tatuagens e a utilização de piercings em animais domésticos e em situação de rua no âmbito municipal. 


Acompanhe a Sessão Plenária Virtual na íntegra através das redes sociais do Poder Legislativo, da TV Câmara, canal 22.2 e confira o andamento de todas as matérias que tramitam na Casa pelo Sistema de Apoio ao Processo Legislativo (SAPL).


Setembro Amarelo e os índices de suicídio foram discutidos na Sessão Plenária Virtual

por Livia Feijo Portela publicado 03/09/2021 08h20, última modificação 03/09/2021 11h47
Colaboradores: Dyego Mendes
Setembro Amarelo e os índices de suicídio foram discutidos na Sessão Plenária Virtual

Foto: Vladimir Barreto

As vereadoras e vereadores ressaltaram a importância do Setembro Amarelo, mês de valorização da vida, na Plenária Virtual da quinta-feira (02). Perpétua Dantas (PSDB) falou sobre os indíces de suicídio no país. Dantas trouxe dados da Organização Mundial de Saúde (OMS) que indicam, por ano, doze mil suicídios. O presidente da Casa, Bruno Lambreta (PSDB), destacou o aumento de pessoas com problemas de saúde mental durante a pandemia. O presidente afirmou que a Câmara está engajada com a pauta e que políticas públicas precisam ser direcionadas a essas pessoas. 

Lambreta também falou sobre a iluminação noturna da fachada da Casa. Desde de agosto, a Câmara adere às cores do calendário oficial dos movimentos nacionais. Durante todo o mês de setembro o Poder Legislativo estará engajado com campanhas de conscientização e valorização da vida.   

Ainda na ocasião, os vereadores falaram sobre as obras nas vias públicas. Carlinhos da Ceaca (MDB) falou sobre a 2ª Travessa Estrada da Pitombeira. Ceaca afirmou que a via está intransitável, o edil fez um apelo ao secretário, Rodrigo Miranda, para que a manutenção do local seja feita com urgência. 

Aline Nascimento (CIDA) destacou seu requerimento nº 3281/2021, que prevê a criação de uma praça pública na Vila do Rafael, no 2º Distrito. Nascimento disse que o local precisa de um espaço de convivência social.

Acompanhe a Sessão Plenária Virtual na íntegra através das redes sociais do Poder Legislativo, da TV Câmara, canal 22.2 e confira o andamento de todas as matérias que tramitam na Casa pelo Sistema de Apoio ao Processo Legislativo (SAPL).


Iluminação noturna da Câmara de Caruaru reforça a importância do tom amarelo no mês da valorização da vida

por Livia Feijo Portela publicado 03/09/2021 07h00, última modificação 03/09/2021 09h58
Colaboradores: Dyego Mendes
A novidade estreou no mês passado, com alusão ao “Agosto Lilás”
Iluminação noturna da Câmara de Caruaru reforça a importância do tom amarelo no mês da valorização da vida

Foto: Vladimir Barreto

Desde o mês de agosto, quem circula pela Rua 15 de novembro no horário da noite percebe que a iluminação está diferente na fachada da Casa Jornalista José Carlos Florêncio, e a ideia é que permaneça assim, mês a mês, em consonância com o calendário oficial dos movimentos nacionais. 
O presidente da Casa, o vereador Bruno Lambreta, explica o planejamento idealizado por sua gestão: “Foi uma maneira que encontramos além de debates e outras ações para chamar a atenção da sociedade para causas que precisam ser evidenciadas gerando reflexão sobre o tema”.
O setembro amarelo é uma campanha de conscientização e sensibilização sobre a temática da saúde mental e valorização da vida, tendo em vista que mais de 96% dos casos de suicídio acontecem com pessoas com transtornos mentais. A campanha existe desde 2014, e é divulgada pela Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP), pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) e pelo Centro de Valorização da Vida (CVV).
Durante todo o mês de setembro o Legislativo de Caruaru fará publicações, através das redes sociais, e prepara conteúdo especial na programação da TV Câmara suscitando o tema, na intenção de tornar o debate mais amplo e acessível a todos os caruaruenses.

A atleta paralímpica pernambucana Maria Carolina Santiago foi homenageada em Plenário

por Livia Feijo Portela publicado 01/09/2021 11h00, última modificação 03/09/2021 11h36
Colaboradores: Dyego Mendes
A atleta paralímpica pernambucana Maria Carolina Santiago foi homenageada em Plenário

Foto: Vladimir Barreto

As vereadoras e vereadores saudaram a atleta paralímpica pernambucana, Maria Carolina Santiago pela primeira medalha de ouro na natação feminina em dezessete anos, na Plenária Virtual da terça-feira (30). O vereador Jorge Quintino (PTB) falou sobre a importância da Semana da Pessoa com Deficiência, em meio a tantos retrocessos. Quintino também pediu à mesa diretora que estudasse a possibilidade de implantar a Língua Brasileira de Sinais (Libras) no Sistema de Apoio ao Processo Legislativo (SAPL).

Perpétua Dantas (PSDB) falou sobre seu requerimento nº 3239/2021, o Anteprojeto de Lei prevê a criação de um Sistema Censo Inclusão e o Cadastro Inclusão para identificação do perfil socioeconômico das pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida no âmbito municipal. 

Ainda na ocasião, os parlamentares lamentaram o falecimento da Irmã Werburga Schaffrath. A missionária alemã fundou o Centro Social São José do Monte, em Caruaru. Os edis homenagearam a religiosa pelos seus serviços prestados às populações carentes da cidade.  

O parlamentar Fagner Fernandes (PDT) falou sobre a situação da Feira de Caruaru. Fernandes afirmou que esteve na feira e que o local está abandonado, as obras do Prédio Rosa no Parque 18 de Maio estão com andamento atrasado, não está sendo feita a limpeza adequada. Cabo Cardoso (PP) chamou atenção para a Praça Leocádio Porto, onde fica o Camelódromo, o vereador afirmou que a Praça está abandonada. “Os feirantes precisam de atenção”, finalizou.

Acompanhe a Sessão Plenária Virtual na íntegra através das redes sociais do Poder Legislativo, da TV Câmara, canal 22.2 e confira o andamento de todas as matérias que tramitam na Casa pelo Sistema de Apoio ao Processo Legislativo (SAPL).


LDO e Projeto de Lei que visa a transferência da AME Animal foram aprovados em Plenário

por Risoni Santos — publicado 27/08/2021 07h00, última modificação 27/08/2021 12h11
Colaboradores: Dyego Mendes
LDO e Projeto de Lei que visa a transferência da AME Animal foram aprovados em Plenário

Foto: Vladimir Barreto

As vereadoras e vereadores da Casa José Carlos Florêncio aprovaram cinco Projetos de Lei do Poder Executivo na Sessão Plenária da quinta-feira (27). Entre os PL’s aprovados em plenário, estava a Lei de Diretrizes Orçamentária (LDO) que prevê o direcionamento do orçamento de 2022 para o município. O projeto nº 9.049/2021 concede a atual sede da AME Animal ao Regime Próprio da Previdência Social (RPPS). Em reunião conjunta das comissões na terça-feira (25), o secretário de Serviços Públicos e Sustentabilidade, Ytalo Farias, afirmou que a pasta já providenciou um novo imóvel para AME e que os serviços prestados pela entidade não serão em hipótese alguma suspensos. 

A vereadora Perpétua Dantas (PSDB) e os vereadores Anderson Correia (PP), Fagner Fernandes (PDT) e Cabo Cardoso (PP) votaram contrários ao PL do Executivo. De acordo com os Edis, a iniciativa não teve consulta pública, os movimentos de defesa dos animais, os parlamentares que carregam a pauta animal e a população como um todo não participaram do planejamento da mudança. Dantas e os vereadores fizeram um apelo à prefeitura, para que na condução de políticas públicas tão importantes a população seja consultada previamente. 

O PL nº 9.070/2021 também do Poder Executivo visa a quitação de débitos dos veículos apreendidos e alocados no pátio da Autarquia de Mobilidade, Trânsito e Transporte de Caruaru (AMTTC).  De acordo com a prefeitura, o pátio se encontra superlotado e a medida prevê um desconto da taxa cobrada pelo tempo que o automóvel passou no local. Ainda de acordo com a justificativa, a iniciativa beneficiará os proprietários que poderão retirar seus veículos por um valor que não terá grande impacto no seu orçamento e facilitará a arrecadação do Poder Público. 

Ainda em plenário, os edis aprovaram os Projetos de Lei: nº 9.071/2021 que tem o objetivo de abertura de crédito adicional especial as despesas de execução de enfrentamento da Covid-19; o nº 9.072/2021 também prevê a abertura de crédito adicional especial para ações de sustentabilidade vinculadas a Secretária de Serviços Públicos e o Projeto de Emenda Organizacional nº 39/2021, do vereador Lula Tôrres (PSDB), que acrescenta dispositivo à Lei Orgânica Municipal.

Acompanhe a Sessão Plenária Virtual na íntegra através das redes sociais do Poder Legislativo, da TV Câmara, canal 22.2 e confira o andamento de todas as matérias que tramitam na Casa pelo Sistema de Apoio ao Processo Legislativo (SAPL).

 


Projeto de Lei que estabelece as Diretrizes Orçamentárias para 2022 foi analisado em reunião conjunta

por Risoni Santos — publicado 26/08/2021 10h00, última modificação 27/08/2021 12h12
Colaboradores: Dyego Mendes
Projeto de Lei que estabelece as Diretrizes Orçamentárias para 2022 foi analisado em reunião conjunta

Foto: Vladimir Barreto

Em reunião conjunta na terça-feira (24), as comissões analisaram 5 PL’s do Poder Executivo. Entre os projetos o de nº 9059/2021, cuja propositura prevê as diretrizes orçamentárias para o ano 2021 e teve o parecer favorável pelas comissões. Além do PL que trata da LDO, também receberam parecer favorável os seguintes projetos: 9049/21 9070/2021, 9071/2021, 9072/2021. 

O PL nº 9049/2021 prevê o repasse do imóvel onde atualmente funciona a AME Animal para o Regime Próprio de Previdência Social (RPPS). O Secretário de Serviços Públicos e Sustentabilidade, Ytalo Farias, também esteve na ocasião e afirmou que a mudança se faz necessária, visto que o prédio enfrenta problemas de infraestrutura e também é localizado em área de difícil acesso. 

Anderson Correia (PP) e Fagner Fernandes (PDT)  questionaram o secretário sobre a realocação dos animais que se encontram na AME e sobre a realização de cirurgias ortopédicas. O secretário disse que com relação às cirurgias não há um planejamento previsto, mas que a pasta está estudando a questão e a possibilidade de um convênio com a clínica escola da Unifavip. Com relação aos animais residentes na entidade, Farias destacou que está sendo feito um levantamento de um equipamento que funcione como uma casa de passagem para esses animais. Além disso, a secretaria também pretende estabelecer uma parceria com ONG’s, clínicas e entidades de proteção animal. 

O presidente da Casa Bruno Lambreta (PSDB) questionou Ytalo sobre a existência de um planejamento e como será feita essa transferência. O secretário afirmou que foi feito um levantamento e garantiu que a transferência só será feita mediante a nova estrutura. “Em hipótese nenhuma os serviços serão suspensos”, afirmou Farias. 

Acompanhe a Sessão Plenária Virtual na íntegra através das redes sociais do Poder Legislativo, da TV Câmara, canal 22.2 e confira o andamento de todas as matérias que tramitam na Casa pelo Sistema de Apoio ao Processo Legislativo (SAPL).


Mudança da AME Animal foi discutida pelas vereadoras e vereadores

por Livia Feijo Portela publicado 25/08/2021 11h00, última modificação 25/08/2021 12h51
Colaboradores: Dyego Mendes
 Mudança da AME Animal foi discutida pelas vereadoras e vereadores

Foto: Vladimir Barreto

Na 65ª Sessão Plenária Virtual da terça-feira (24), o vereador Anderson Correia (PP) apresentou o requerimento nº 3175/2021. A propositura solicita informações sobre a mudança da AME Animal no município. Entre os questionamentos levantados, questionou-se a existência de um local em funcionamento; se com a mudança serão realizadas cirurgias; se os animais que se encontram no local serão realocados. Os parlamentares pediram mais transparência do Executivo na condução dessa mudança tão importante. Também foi destaque o Voto de pesar pelo falecimento de Rebecca Tabosa, advogada que faleceu na última sexta-feira (20).

Fagner Fernandes (PDT) também se manifestou com relação ao tema. Fernandes afirmou que a AME é um conjunto de políticas públicas muito importante e precisa de transparência e diálogo na execução do planejamento da mudança.

Ainda na sessão, a parlamentar Mery da Saúde (PSD) falou sobre as taxas cobradas aos feirantes pelo Departamento de Feiras e Mercados. De acordo com Mery, é preciso negociar com esses trabalhadores, pois eles estão em um período crítico por causa da pandemia. “Muitos não têm de onde tirar o dinheiro”, finalizou a edil. 

A Casa manifestou pesar pelo falecimento de Rebecca Tabosa, esposa do Secretário Rodrigo Miranda. A vereadora Perpétua Dantas prestou homenagem emocionada ao trabalho realizado pela advogada: “Rebecca era uma mulher com autonomia, uma advogada brilhante. Rebecca abandonou a carreira individual de advogada para se dedicar aos mais carentes. Ela fez uma trajetória de luz”, destacou Dantas.  

Acompanhe a Sessão Plenária Virtual na íntegra através das redes sociais do Poder Legislativo, da TV Câmara, canal 22.2 e confira o andamento de todas as matérias que tramitam na Casa pelo Sistema de Apoio ao Processo Legislativo (SAPL).


Legislativo comemora o 5º lugar no ITMPE e aprova PL que visa ordenação de propaganda em vias públicas

por Livia Feijo Portela publicado 20/08/2021 10h00, última modificação 20/08/2021 11h13
Colaboradores: Dyego Mendes
Legislativo comemora o 5º lugar no ITMPE e aprova PL que visa ordenação de propaganda em vias públicas

Foto: Vladimir Barreto

As vereadoras e vereadores destacaram, na Plenária Virtual da quinta-feira (19), o resultado do Índice Transparência dos Municípios de Pernambuco (ITMPE), divulgado pelo Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (TCE-PE). A Capital do Agreste está entre as 5 mais transparentes do Estado. O índice tem o objetivo de avaliar os sites oficiais do município e estimular a transparência dos poderes. Os edis presentes elogiaram a condução do ex-presidente da Casa, o vereador Lula Tôrres (PSDB) e do atual, Bruno Lambreta (PSDB). 

Ainda na ocasião foi aprovado, em segunda discussão, o Projeto de Lei nº 9.029/2021 do Poder Executivo. O PL trata da ordenação da veiculação de propaganda nos logradouros públicos. A medida prevê a valorização do ambiente natural e construído da cidade.

Os parlamentares também falaram sobre um ponto de embarque e desembarque na rua 15 de Novembro. O presidente da Casa e a vereadora Perpétua Dantas (PSDB) ressaltaram que essa parada precisa contemplar não apenas os edis, mas toda a população. Ainda sobre acessibilidade e locomoção, Lambreta parabenizou os ciclistas pelo seu dia e fez um apelo para que sejam estudadas melhores possibilidades de circulação dos usuários de bicicleta na cidade. 

Dantas falou sobre seu requerimento nº 3.160/2021, que visa a criação de uma Câmara Técnica de Proteção Animal em Caruaru, com fim de reunir as várias instituições municipais implicadas na pauta animal; bem como desenvolver e implementar plano de contingência e de medidas preventivas para reduzir danos aos animais. Além do requerimento, a parlamentar também destacou seu PL nº 9.089/2021 que proíbe a homenagem a escravocratas e violadores dos direitos humanos no âmbito municipal.

Acompanhe as atividades da Casa Jornalista José Carlos Florêncio e confira o andamento de todas as matérias que tramitam no Legislativo de Caruaru através da TV Câmara, canal 22.2, e pela página do Poder Legislativo de Caruaru.


Casa discute LDO 2022 em audiência pública nesta quarta-feira (18)

por Livia Feijo Portela publicado 18/08/2021 12h50, última modificação 18/08/2021 13h00
Lei de Diretrizes Orçamentária (LDO) define as metas e prioridades das despesas municipais
Casa discute LDO 2022 em audiência pública nesta quarta-feira (18)

Foto: Vladimir Barreto

Na manhã desta quarta-feira (18), a Câmara de Vereadores realizou audiência pública proposta pelo vereador Mano do som (DEM), presidente da Comissão de Finanças e Orçamento da Câmara, a fim de discutir a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para o exercício de 2022.  Também estiveram presentes os parlamentares da Casa Carlinhos da Ceaca (MDB), Jorge Quintino (PTB), Irmão Ronaldo (PROS), Aline Nascimento (CIDA), Perpétua Dantas (PSDB), Lula Tôrres (PSDB). A população pôde participar interagindo pelas redes sociais da Casa.

Estiveram representando o Executivo Swami Lima, Secretário de Planejamento, Orçamento e Gestão; Rodrigo Lira, Secretário Executivo da Fazenda Municipal de Caruaru; Bernardo Barbosa e Daniel Barbosa, do Cespam, escritório contábil que assessora a gestão executiva do município. Os gestores realizaram uma apresentação da LDO e do Planejamento Estratégico do Município. Detalhando pontos relevantes do Orçamento para 2022.

 A Lei de Diretrizes Orçamentária (LDO) define as metas e prioridades das despesas municipais. A Casa recebe anualmente o Projeto de Lei de autoria do Poder Executivo para discutir, analisar e apresentar emendas. Atualmente, as emendas apresentadas pelos vereadores e vereadoras ao Projeto de Lei estão sendo analisadas na referida Comissão. Os parlamentares têm até 31 de agosto para votar e encaminhar para sanção, prazo constitucional para elaboração do Orçamento do ano posterior, 2022, nesse caso.

As parlamentares Perpétua Dantas e Aline Nascimento questionaram acerca da necessidade de promoção de uma maior discussão com a população, a fim de ouvir melhor os cidadãos e cidadãs caruaruenses.

Acompanhe as atividades da Casa Jornalista José Carlos Florêncio e confira o andamento de todas as matérias que tramitam no Legislativo de Caruaru através da TV Câmara, canal 22.2, e pela página do Poder Legislativo de Caruaru.


62ª Sessão Plenária Virtual é realizada nesta terça-feira (18)

por Livia Feijo Portela publicado 18/08/2021 08h00, última modificação 18/08/2021 10h16
62ª Sessão Plenária Virtual é realizada nesta terça-feira (18)

Foto: Vladimir Barreto

62ª Sessão Plenária Virtual é realizada nesta terça-feira (18)


Na última terça-feira, 18, a Casa Jornalista José Carlos Florêncio realizou mais uma Sessão Plenária Virtual. 

Repúdio ao Ministro da Educação, Milton Ribeiro, foi o principal destaque da reunião. 

Parlamentares demonstraram insatisfação com os pronunciamentos preconceituosos do gestor da pasta. “Enquanto Presidente da Comissão de Educação, Cultura e Esportes, eu não poderia de forma alguma esquecer esse ponto. Na última semana, o que se diz Ministro da Educação, Milton Ribeiro, fez dois tresloucados pronunciamentos: primeiro, afirmou que a Universidade deveria ser para poucos; segundo, em pronunciamento na última segunda-feira, o político disse que crianças com deficiência atrapalham os demais alunos sem a mesma condição quando colocados na mesma sala de aula, quero dizer que isso é um absurdo, demonstra um desconhecimento total da Constituição Federal e da Lei 9.394/95”. Afirmou Jorge Quintino (PTB).

“A gente não pode deixar de lamentar que a pasta do ministério esteja com uma pessoa com esses pensamentos. Nos traz uma angústia muito grande porque a gente acredita que a educação sim, de fato, pode transformar a vida das pessoas”. Declarou a vereadora Aline Nascimento (CIDADANIA).

Aline também fez discurso em defesa do retorno dos alunos às escolas para evitar danos maiores à saúde mental e à educação das crianças. “Reforçamos que os pais se sintam confortáveis para levar seus filhos de volta às escolas, pois sabemos das dificuldades de acompanhamento dos alunos de forma remota”. Declarou a edil.

Perpétua Dantas falou sobre o projeto "Pé na Praça", que recupera áreas degradadas a baixo custo, desenvolvido no Bairro Cidade Jardim. “Infelizmente em nosso estado e também em nossa cidade nós temos pouquíssimas áreas voltadas para recuperação de espaços degradados e o ‘Pé na Praça’ tem se mostrado uma forma barata, possível e que envolve a comunidade”, afirma a parlamentar.

Acompanhe as atividades da Casa Jornalista José Carlos Florêncio e confira o andamento de todas as matérias que tramitam no Legislativo de Caruaru através da TV Câmara, canal 22.2, e pela página do Poder Legislativo de Caruaru.


15 anos da Lei Maria da Penha é tema de aula inaugural da Escolegis

por Risoni Santos — publicado 17/08/2021 11h45, última modificação 18/08/2021 09h49
Colaboradores: Dyego Mendes
 15 anos da Lei Maria da Penha é tema de aula inaugural da Escolegis

Foto: Vladimir Barreto

A aula inaugural da Escolegis discutiu os 15 anos da Lei Maria da Penha na segunda-feira (16). A ocasião foi liderada pela vereadora e presidenta da Escolegis Perpétua Dantas (PSDB). Também estiveram presentes mulheres representantes de movimentos sociais, das secretarias do município e do estado, da UFPE, da política e a diretora da Escolegis Karinny Oliveira. A Lei nº 11.340 prevê a prevenção dos direitos da mulher. As participantes debateram a construção de políticas públicas no município de Caruaru. 

A representante do Instituto Maria da Penha, Anabel Pessôa, discorreu sobre a importância da integração entre os poderes na construção das políticas da mulher e falou sobre a necessidade de conscientizar a população acerca da pauta, desenvolver a capacitação dos equipamentos públicos para o combate e acolhimento das mulheres vítimas de todos os tipos violência. 

A deputada estadual Laura Gomes (PSB)  destacou sua atuação no Poder Legislativo de Caruaru e da militância que exerceu quando a Lei foi sancionada. Gomes lembrou da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) que está em tramitação no mês de agosto. A deputada frisou a necessidade de as legisladoras e legisladores apresentarem emendas que tenham os direitos da mulher como destaque. Perpétua afirmou que apresentou 9 emendas parlamentares para a LDO. 

Ainda na aula, a representante do Núcleo de Gênero da ASCES/UNITA, Elba Ravane parabenizou a propositura da ocasião e salientou a relevância do diálogo dos poderes com a população na construção das políticas. Ravane também falou que de 6 projetos, com o foco nos direitos da mulher, que estavam em tramitação na esfera Federal, apenas 1 foi aprovado. A representante afirmou que o Poder Legislativo tem o papel fundamental nessa construção. “Precisamos continuar lutando por mais políticas públicas e criar canais de ouvidoria e acolhimento a essas mulheres”, disse Elba. 

Acompanhe as atividades da Casa Jornalista José Carlos Florêncio e confira o andamento de todas as matérias que tramitam no Legislativo de Caruaru através da TV Câmara, canal 22.2, e pela página do Poder Legislativo de Caruaru.


Audiência Pública discute políticas públicas para população em situação de rua

por Risoni Santos — publicado 16/08/2021 08h40, última modificação 16/08/2021 09h04
Colaboradores: Dyego Mendes
Audiência Pública discute políticas públicas para população em situação de rua

Foto: Vladimir Barreto

O vereador Leonardo Chaves (PSDB) foi o propositor da Audiência Pública que discutiu, nesta sexta-feira (13), a situação dos centros de acolhimento concentrados no Bairro Indianópolis. Os presentes discutiram políticas públicas que visem solucionar a criminalidade no local. Discursaram atores de todos os setores envolvidos na questão trazendo à tona análises sobre possíveis abordagens para a temática.

A ocasião reuniu moradores e empresários do bairro, representantes do Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua (Centro POP); da Casa de Acolhimento Institucional para Adultos e Famílias em Situação de Rua (Albergue Municipal) e do Programa Atitude do Governo Estadual. 

Representando a população de rua, participou o articulador do Movimento Nacional da População em Situação de Rua de Pernambuco, José Nilton, que trouxe em seu discurso um apelo em prol da conscientização para que se tenha uma visão mais humanista acerca da população de rua e suas peculiaridades.  

Também estiveram presentes algumas autoridades, entre elas: o deputado estadual Tony Gel; o secretário municipal de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, Carlos Braga; o presidente da Casa, Bruno Lambreta (PSDB); a vereadora Perpétua Dantas (PSDB); os vereadores Leonardo Chaves (PSDB), Jorge Quintino (PTB), Irmão Ronaldo (PROS) e Mano do Som (DEM). Além de Caio Sousa, professor universitário e membro da Comissão de Direito Parlamentar da OAB/PE e membro Consultivo do Comitê Estadual Pop Rua. Os presentes discutiram políticas públicas que visem solucionar a criminalidade no local, além de outros pontos.

O Presidente da Casa Bruno Lambreta afirmou que a Câmara de Vereadores de Caruaru não é contra qualquer tipo de assistencialismo, mas que é preciso que gestores dialoguem e encontrem medidas eficazes para a solução do problema. 

Chaves afirmou que enquanto morador do bairro, tem recebido queixas da população envolvendo as pessoas em situação de rua que frequentam os centros de acolhimento.  Entre as queixas estão: assaltos, arrombamentos, uso de drogas nas imediações e depredação do patrimônio. 

O representante do Movimento Juntos pelo Indianópolis, Antônio Preggo, falou sobre a situação da casa de sua mãe, moradora do Indianópolis. Afirmou que a residência foi depredada e que os assaltos e arrombamento são frequentes na região. O representante disse ter conversado com alguns frequentadores dos centros e que os mesmos afirmaram que não são eles que cometem os crimes e que podem apontar os criminosos. Preggo ainda falou sobre a complexidade da situação, já essas pessoas além de estarem em situação de rua, ainda pagam por crimes que não cometeram. “É preciso encontrar uma solução que atenda os dois lados”, disse Antônio. 

O  secretário Carlos Braga afirmou que tem 150 profissionais trabalhando em torno dessa pauta e que a situação se agravou ainda mais com a pandemia da Covid-19. Braga ressaltou que essas pessoas não têm onde morar e que elas precisam de acolhimento e é isso que a gestão tem feito. Com relação ao pedido de transferência e descentralização dos centros, o secretário afirmou que o decreto nº 7.053/2009, do Governo Federal, proíbe a instalação desses equipamentos em locais de difícil acesso e distantes dos centros urbanos. Carlos ainda frisou que a pasta está aberta ao diálogo, para que juntos consigam encontrar medidas eficazes. 

Acompanhe as atividades da Casa Jornalista José Carlos Florêncio e confira o andamento de todas as matérias que tramitam no Legislativo de Caruaru através da TV Câmara, canal 22.2, e pela página do Poder Legislativo de Caruaru.

Projeto de Lei que regulamenta o uso de calçadas por bares e restaurantes é aprovado em plenário

por Livia Feijo Portela publicado 13/08/2021 09h00, última modificação 13/08/2021 11h02
Colaboradores: Dyego Mendes
Projeto de Lei que regulamenta o uso de calçadas por bares e restaurantes é aprovado em plenário

Foto: Vladimir Barreto

O Poder Legislativo aprovou 6 projetos do Executivo na 61ª Sessão Plenária Virtual da quinta-feira (12). Entre os projetos, o PL nº 110/2021, a propositura visa a regulamentação da utilização de calçadas públicas por bares e restaurantes do município. Além disso, a iniciativa autoriza o uso de Parklets, mini praças que ocupam uma vaga de automóvel, em frente aos estabelecimentos comerciais. Também foram votadas 100 proposituras da ordem do dia. 

Além do PL que altera o código de postura, também foram aprovados os seguintes projetos: nº 9.021/2021; nº 9.027/2021; 9.048/2021; nº 8.876/2021 e o nº 9.036/2021. Ainda na sessão foram votados 3 Projetos de Lei Complementar: nº 108/2021; nº 109/2021; nº 110/2021 e 1 Projeto de Emenda Organizacional nº 39/2021. 

A vereadora Aline Nascimento (CIDA) e Galego de Lajes (MDB) tiveram seu PL nº 9.036/2021 aprovado. A propositura cria a Semana Municipal de Incentivo ao Aleitamento Materno; Dia Municipal da Doação de Leite Humano; entre outras datas na mesma temática. Os edis presentes elogiaram a iniciativa dos colegas e ressaltaram a importância do projeto. 

Lula Tôrres (PSDB) e Ranilson Enfermeiro (PSDB) falaram sobre votação online, do Conselho Estadual de Preservação do Patrimônio Cultural, que aconteceu na quinta-feira (12). A ocasião nomeou os artesãos caruaruenses, Marliete Rodrigues e Mestre Luiz Antônio, como Patrimônios Vivos de Pernambuco. Os escolhidos na votação vão receber além do diploma, uma bolsa mensal vitalícia de R$ 1,6 mil no caso de pessoa física e R$ 3,2 mil, quando for membro da agremiação ou associação.

Acompanhe as atividades da Casa Jornalista José Carlos Florêncio e confira o andamento de todas as matérias que tramitam no Legislativo de Caruaru através da TV Câmara, canal 22.2, e pela página do Poder Legislativo de Caruaru.


Audiência discute situação do Rio Ipojuca e a necessidade de mais políticas públicas ambientais

por Risoni Santos — publicado 11/08/2021 12h55, última modificação 12/08/2021 12h23
Colaboradores: Dyego Mendes
Audiência discute situação do Rio Ipojuca e a necessidade de mais políticas públicas ambientais

Foto: Vladimir Barreto

A situação calamitosa do Rio Ipojuca, a necessidade de mais políticas públicas e a promoção da educação ambiental no município foram as principais pautas discutidas na Audiência proposta pelo vereador Jorge Quintino (PTB). A ocasião reuniu ambientalistas, professores, o presidente da Casa Bruno Lambreta (PSDB), o vereador irmão Ronaldo (PROS) e o ex-senador e empresário Douglas Cintra. 
O representante da Associação Conhecer e Preservar (ACP), Sandro Vila Nova falou sobre a importância do engajamento e articulação dos poderes Legislativo e Executivo na condução de políticas públicas voltadas ao meio ambiente. Douglas ainda ressaltou a necessidade de reativação do Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Comdema). Além disso, o representante da ACP pediu mais transparência na destinação do orçamento do meio ambiente e pediu a contratação de mais guardas-parques para a Serra dos Cavalos, pois a prática de crimes ambientais geralmente acontece em horários em que não há fiscalização. “É preciso de fiscalização 24h por dia”, enfatizou Vila Nova. 
Douglas Cintra afirmou que é preciso criar uma cultura de sustentabilidade e educar a população no sentido de criar práticas sustentáveis de consumo. Também destacou que economia e meio ambiente precisam caminhar de maneira integrada. “Precisamos valorizar, remunerar e estimular os habitantes das áreas verdes da região, que trabalham na preservação do meio ambiente”, disse Cintra. 
O guarda-parque, Diego Lira, falou sobre a criminalidade no Parque Ambiental de Serra dos Cavalos e a necessidade de criação de um Centro de Triagem de Animais Silvestres (CETAS). Lira falou que a falta de uma fiscalização mais efetiva no parque acaba por auxiliar o tráfico de animais silvestres que ocorre nas feiras livres do município. 
Ainda na audiência, o secretário executivo municipal de serviços públicos e sustentabilidade, Ramon Abelenda, afirmou que a equipe técnica que trata das questões ambientais tem trabalhado bastante com relação a medidas de fiscalização. Com relação ao Rio Ipojuca, Abelenda falou sobre a dificuldade de manutenção do rio, mas que a pasta tem trabalhado e desenvolvido projetos, inclusive um deles em conjunto com um grupo da Universidade Federal de Pernambuco, que visa a descontaminação do Ipojuca. 
Siga acompanhando as atividades da Câmara, que também são transmitidas pelo canal 22.2 da sua televisão e pelo Facebook. Para mais informações sobre, acesse http://sapl.caruaru.pe.leg.br/

Lei de Diretrizes Orçamentárias é analisada em reunião conjunta das Comissões

por Risoni Santos — publicado 11/08/2021 08h00, última modificação 11/08/2021 09h36
Colaboradores: Dyego Mendes
Código de Posturas do Município, transporte escolar da zona rural e Semana Municipal do Aleitamento Materno foram alguns dos projetos analisados
Lei de Diretrizes Orçamentárias é analisada em reunião conjunta das Comissões

Foto: Vladimir Barreto

As vereadoras e vereadores da Casa Jornalista José Carlos Florêncio avaliaram a Lei de Diretrizes Orçamentárias na terça-feira (10). Além disso, 5 Projetos de Lei foram votados. Entre eles, o nº 9.048/202. A propositura do Executivo visa o estudo do Impacto de Vizinhança no município. De acordo com o presidente da Autarquia de Urbanização e Meio Ambiente de Caruaru, Francisco Batista, que participou da reunião, o PL prevê a regulamentação dos empreendimentos no município, bem como uma maior mobilidade urbana para a população caruaruense e o crescimento sustentável da cidade. 

Também foi avaliado o PL nº 110/2021, que reestrutura o Código de Postura. A propositura é da Prefeita Raquel Lyra e visa a modernização do antigo código. Batista afirmou que a medida já é praticada em diversas cidades, como Recife. Entre as mudanças que o PL prevê, está o uso de Parklets, mini praças que ocupam uma vaga de automóvel, em frente a estabelecimentos comerciais. Além disso, regulamenta a utilização de calçadas públicas por bares e restaurantes. O critério para utilização das calçadas é deixar sempre um espaço entre as mesmas para o trânsito de pedestres. 

Ainda na reunião das comissões, os edis analisaram o projeto nº 9027/2021, também do Executivo, que altera a Lei Municipal nº 5.138/2011. A iniciativa propõe a garantia de transporte público aos estudantes da rede municipal de educação que residem em locais de difícil acesso. Principalmente com o período de chuvas, automóveis de grande porte possuem significativa dificuldade de chegar e sair da zona rural. De acordo com a justificativa da propositura, atento a situação de locomoção dos estudantes, o Executivo visa possibilitar que os alunos sejam transportados em veículos menores, desde que com a devida vistoria e segurança. 

Além dos PL’s, também foram avaliados 3 Projetos de Lei Complementar e 1 Projeto de Emenda Organizacional. Todas as proposituras foram aprovadas por unanimidade e aguardam a votação no plenário.

Siga acompanhando as atividades da Câmara, que também são transmitidas pelo canal 22.2 da sua televisão e pelo Facebook. Para mais informações sobre, acesse http://sapl.caruaru.pe.leg.br/


A criação de um Censo Animal foi discutida pelos edis do Poder Legislativo

por Livia Feijo Portela publicado 11/08/2021 07h45, última modificação 11/08/2021 11h12
Colaboradores: Dyego Mendes
Lei de Diretrizes Orçamentárias, pauta animal e comércio ambulante foram discutidos na plenária virtual
A criação de um Censo Animal foi discutida pelos edis do Poder Legislativo

Foto: Vladimir Barreto

O vereador Anderson Correia (PP) falou sobre seu requerimento nº 3029/2021, que visa a criação de um Censo Animal no município. A iniciativa tem a proposição de realizar, através da Secretaria de Saúde, o levantamento quantitativo de animais domésticos da zona rural e urbana de Caruaru. As vereadoras e vereadores também votaram 43 proposituras da ordem do dia na 59ª Sessão Plenária Virtual. 

Cabo Cardoso (PP) e Correia falaram sobre a apreensão de mercadorias dos camelôs no centro da cidade. Correia ressaltou que o Executivo precisa repensar as estratégias de fiscalização, primeiro é preciso advertir e depois apreender as mercadorias. “Essas pessoas estão em uma luta diária", finalizou o edil.  

Katia da Rendeiras (REPUBLICANOS) falou sobre as constantes quedas de energia no bairro Nova Caruaru. Kátia afirmou que no último sábado (07), os moradores passaram o dia sem energia. A vereadora fez um apelo a Celpe e informou que fez uma indicação solicitando a manutenção da rede. 

Perpétua Dantas (PSDB) se manifestou com relação a inauguração da sede da OAB. De acordo com a vereadora, a única mulher presente na mesa, foi a prefeita do município, Raquel Lyra. Dantas também ressaltou que sentiu falta de pautas que contemplem culturas e questões identitárias na Lei de Diretrizes Orçamentárias.

Acompanhe as atividades da Casa Jornalista José Carlos Florêncio e confira o andamento de todas as matérias que tramitam no Legislativo de Caruaru através da TV Câmara, canal 22.2, e pela página do Poder Legislativo de Caruaru.


Audiência Pública discute políticas públicas para os residenciais do município

por Livia Feijo Portela publicado 09/08/2021 07h55, última modificação 09/08/2021 09h19
Colaboradores: Dyego Mendes
Segurança pública, saúde, infraestrutura, abastecimento de água foram algumas das pautas levantadas pelos moradores dos residenciais
Audiência Pública discute políticas públicas para os residenciais do município

Foto: Vladimir Barreto

Moradores dos residenciais Luiz Bezerra Torres, Alto do Moura e Jardins participaram da audiência pública na sexta-feira (06). Além deles também participaram o deputado estadual Tony Gel (MDB), o vereador Carlinhos da Ceaca (MDB), Irmão Ronaldo (PROS), secretários, representantes das construtoras e da gestão condominial dos residenciais. 

A propositura da audiência foi da vereadora Perpétua Dantas (PSDB). O representante do residencial Alto do Moura, Francisco de Assis, falou sobre a precarização da saúde no local. O espaço onde deveria ter sido construída uma Unidade Básica de Saúde (UBS), de acordo com Assis, serve como depósito de lixo e abrigo para parques de diversão. O local onde ocorrem provisoriamente os atendimentos, afirmou o morador, não comporta o fluxo de pessoas. “Os pacientes ficam aguardando atendimento debaixo de chuva e sol”, ressaltou Francisco. 

A representante do Residencial Luiz Bezerra Torres, Aliane Cristina, destacou que o local opera com equipes de saúde reduzidas, os agentes de saúde são poucos e não conseguem atender toda a população, além disso, o abastecimento de água é precário. Aliane e Francisco ainda falaram sobre os vazamentos de água recorrentes nos conjuntos habitacionais. 

O gerente regional da Compesa, Denis Mendes, comunicou que têm sido feitas ações que visam solucionar os problemas nos residenciais. Mendes também frisou que muitas vezes os moradores não procuram a companhia, mas a TV e o rádio. O presidente da Casa, Bruno Lambreta (PSDB) e Perpétua sugeriram que o gerente organizasse uma ouvidoria nos residenciais para ouvir a população.  

Ainda na audiência, a gerente de habitação Fernanda Chaves salientou as dificuldades na gestão das unidades habitacionais. Chaves apresentou alguns dados relativos às unidades irregulares nos residenciais. No Jardins, de 496 casas populares, 56 estão ociosas. No Alto do Moura, de 1488, 826 estão irregulares. No Luiz Bezerra Torres ainda não foi feito o mapeamento por causa da pandemia.

Com relação à infraestrutura, o representante da construtora 2MS responsável pela construção do Luiz Bezerra Torres e do Residencial Jardins, José Olímpio, afirmou que tem mantido um excelente relacionamento com o Executivo, com a Caixa Econômica e com a representante do Grupo Figem & Associados (empresa responsável pelo Trabalho Social do Residencial Jardins e do Residencial Alto do Moura), Elisangela Gonçalves, no quesito manutenção do residenciais. Olímpio afirmou que conta com equipes ativas de segunda a sexta no atendimento aos moradores. 

Ainda representando a construtora, o diretor José Bernardino Neto parabenizou a iniciativa da audiência e enfatizou que está disposto a auxiliar no que for possível.

Acompanhe as atividades da Casa Jornalista José Carlos Florêncio e confira o andamento de todas as matérias que tramitam no Legislativo de Caruaru através da TV Câmara, canal 22.2, e pela página do Poder Legislativo de Caruaru.


O Presidente do Legislativo pediu uma melhor equação no planejamento da volta às aulas

por Livia Feijo Portela publicado 06/08/2021 05h55, última modificação 06/08/2021 10h32
Colaboradores: Dyego Mendes
Deslocamento de profissionais da educação foi discutido pelas vereadoras e vereadores da Casa
O Presidente do Legislativo pediu uma melhor equação no planejamento da volta às aulas

Foto: Vladimir Barreto

Na Sessão Plenária Virtual da quinta-feira (06), Bruno Lambreta (PSDB), ressaltou a importância de um planejamento mais eficiente, por parte da Secretaria de Educação, no escalonamento dos profissionais da área. O parlamentar afirmou que profissionais residentes na cidade foram alocados para zona rural, enquanto trabalhadores da zona rural precisam se deslocar até a cidade para trabalhar. Os edis manifestaram apoio à pauta levantada pelo presidente. “É uma falta de organização e respeito com essas pessoas”, afirmou Leonardo Chaves (PSDB). Ainda na ocasião, foram votadas 50 proposituras da ordem do dia. 

As vereadoras e vereadores presentes lamentaram o falecimento de Maria Eunice de Albuquerque, fundadora do Conselho Municipal da Pessoa Idosa, onde ela atuou como secretária executiva da pasta durante anos. “Maria Eunice era um sinônimo de luta”, afirmou Perpétua Dantas (PSDB). 

Dantas também falou sobre a Lei nº 4.737/2021, sancionada na quarta-feira (04) pelo Governo Federal. A propositura prevê o combate a violência de gênero na política. A parlamentar elogiou a medida e frisou a importância de continuar lutando por mais políticas de equidade.

Bruno Lambreta parabenizou os profissionais da saúde pelo trabalho árduo que tem sido executado em tempos tão difíceis, com destaque para os funcionários das unidades especializadas no combate a Covid-19 como: Mestre Vitalino, Manoel Afonso e UPA Boa Vista. O vereador Leonardo Chaves endossou as palavras do presidente. 

Anderson Correia (PP) pediu mais efetividade nas políticas públicas voltadas aos animais não humanos do município. Correia afirmou que os animais em situação de rua são de total responsabilidade da prefeitura municipal. 

A vereadora Mery da Saúde (PSD), e os vereadores Carlinhos da Ceaca (MDB), Fagner Fernandes (PDT), Val Lima (PSL), Ranilson Enfermeiro (PSDB) pediram mais atenção do secretário de obras, Rodrigo Miranda, na condução da pasta. Os edis destacaram que irão continuar cobrando a solução de problemas na infraestrutura da cidade. Carlinhos falou que entrou em contato com Miranda e o mesmo informou que faltam recursos, mas que vai continuar trabalhando para a conclusão das obras inacabadas. 

Siga acompanhando as atividades da Câmara, que também são transmitidas pelo canal 22.2 da sua televisão e pelo Facebook. Para mais informações sobre, acesse http://sapl.caruaru.pe.leg.br/


Legislativo de Caruaru destacou a importância do enfrentamento à violência doméstica

por Livia Feijo Portela publicado 04/08/2021 09h00, última modificação 06/08/2021 08h16
Colaboradores: Dyego Mendes
Os 15 anos de sanção da Lei Maria da Penha foi mencionado na ocasião.
Legislativo de Caruaru destacou a importância do enfrentamento à violência doméstica

Foto: Vladimir Barreto

A vereadora Perpétua Dantas (PSDB) falou sobre o Agosto Lilás, mês de enfrentamento a violência doméstica, Dantas ainda ressaltou as proposituras da Casa que visam apoio, enfrentamento e o acolhimento das mulheres que sofrem algum tipo de agressão. Além disso, a parlamentar também ressaltou seu Projeto de Lei nº 9.062 que prevê a utilização de veículos públicos para auxiliar pessoas carentes na locomoção para tomar a vacina da Covid-19. Os edis e as edis ainda na sessão da terça-feira (03), falaram sobre a infraestrutura da cidade e votaram 52 matérias da ordem do dia. 

Cabo Cardoso (PP), Fagner Fernandes (PDT) e Lula Tôrres (PSDB)  discutiram a infraestrutura da cidade e da zona rural. Fernandes falou sobre o requerimento nº 2.184/2021, do vereador Galego de Lages (MDB), que convoca o secretário de obras, Rodrigo Miranda, a uma sessão plenária. “Eu vou continuar cobrando a presença dele", ressaltou o edil. 

Cardoso falou sobre os riscos recorrentes que as populações que moram em bairros de periferia têm sofrido, o parlamentar frisou a importância de reparo dos buracos nas vias, assim como a manutenção do saneamento. 

Lula Tôrres afirmou que conversou com a secretária adjunta de Obras, Isabela Patriota, e ela comunicou que a pasta tem conhecimento dos problemas, mas que o período chuvoso impossibilita os reparos adequados. “O grande problema é fazer as obras e não fazer manutenção”, finalizou Lula. 

Katia da Rendeiras (REPUBLICANOS) destacou as frequentes quedas de energia no Bairro Nova Caruaru. A parlamentar convocou o gestor da Celpe a comparecer em uma Plenária Virtual para prestar esclarecimentos. De acordo com a edil, os moradores do bairro estão sofrendo danos materiais com as quedas. 

Acompanhe as atividades da Casa Jornalista José Carlos Florêncio e confira o andamento de todas as matérias que tramitam no Legislativo de Caruaru através da TV Câmara, canal 22.2, e pela página do Poder Legislativo de Caruaru.

Mobilidade urbana de Caruaru foi discutida em Audiência Pública Virtual

por Livia Feijo Portela publicado 28/07/2021 11h55, última modificação 28/07/2021 12h47
Colaboradores: Dyego Mendes
Mobilidade urbana de Caruaru foi discutida em Audiência Pública Virtual

Foto: Vladimir Barreto

Em Audiência Pública, proposta pelo parlamentar Jorge Quintino (PTB), foram discutidas questões relacionadas à acessibilidade de pessoas com deficiência, mobilidade urbana e educação de trânsito. A audiência aconteceu na quarta-feira (28) e reuniu: especialistas em mobilidade urbana; o presidente da Casa, Bruno Lambreta (PSDB); Perpétua Dantas (PSDB); Irmão Ronaldo (PROS); Anderson Correia (PP); o presidente da AMTTC, Diogo Bezerra e o representante do Movimento Pró-cadeirante de Caruaru, Cícero Mendes. 

Os presentes lamentaram a perda e homenagearam o idealizador do Projeto Mobilicei, Ricardo Henrique que faleceu recentemente vítima da Covid-19. Vanessa Pereira, viúva de Ricardo agradeceu a homenagem e afirmou que continuará tocando o projeto com o mesmo afinco. 

O especialista em engenharia de transportes, Ivan Cunha, falou sobre a pouca transparência por parte das autoridades com relação à construção de políticas de mobilidade. Ivan frisou que a falta de um transporte público de qualidade faz com que parte da população recorra ao transporte individual, intensificando o trânsito, causando congestionamentos e acidentes, além do consumo de energia não renovável.

Cícero Mendes falou sobre a dificuldade que a pessoa com deficiência encontra nas ruas da cidade. “É preciso se pensar na cidade para todos”, afirmou o representante. Mendes falou que é preciso construir mais rampas de acesso nas ruas, produzir campanhas de conscientização e fez um apelo para que as empresas de transporte coletivo façam a manutenção dos elevadores de acessibilidade. Diogo Bezerra disse que a secretaria tem trabalhado bastante no quesito mobilidade e que algumas obras como a Via Parque sinalizam esse avanço.

A audiência contou com a participação da população nas redes sociais da Casa e dos parlamentares.

O propositor da audiência afirmou que continuará atendendo às solicitações da população. Os vereadores presentes e o presidente da AMTTC se comprometeram com o tema e ressaltaram a importância de uma cidade mais inclusiva.   

Siga acompanhando as atividades da Câmara, que também são transmitidas pelo canal 22.2 da sua televisão e pelo Facebook. Para mais informações sobre, acesse http://sapl.caruaru.pe.leg.br/

OAB Caruaru e Parlamentares celebram permanência da Câmara Regional do TJ/PE na sessão virtual desta terça

por Livia Feijo Portela publicado 28/07/2021 09h00, última modificação 28/07/2021 10h17
Colaboradores: Dyego Mendes
OAB Caruaru e Parlamentares celebram permanência da Câmara Regional do TJ/PE na sessão virtual desta terça

Foto: Vladimir Barreto

O presidente da OAB, Fernando Santos Junior, homenageou o Poder Legislativo pela propositura da Audiência Pública que discutiu o desligamento da 1ª Câmara Regional de Caruaru. Santos enviou um vídeo, que foi transmitido na 55ª Sessão Plenária Virtual na terça-feira (27), agradecendo a iniciativa da Casa pela audiência. Na segunda (26), o Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJ/PE) votou pela permanência da Câmara Regional. O presidente da Casa, Bruno Lambreta (PSDB) destacou a importância do movimento que foi gerado a partir da audiência e agradeceu a participação e o engajamento dos envolvidos. 

Ainda na sessão, as vereadoras Perpétua Dantas (PSDB), Mery da Saúde (PSD) e o vereador Cabo Cardoso (PP) falaram sobre a situação da UBS da Cidade Jardim. De acordo com os edis, a UBS foi inaugurada sem estar pronta para atender a população. Os parlamentares afirmaram que conversaram e pediram para que o secretário de saúde, Breno Feitosa, tomasse alguma medida e segundo eles, o secretário afirmou que tomará providências para que a obra seja concluída até o último dia do mês de Julho. 

Cardoso e Carlinhos da Ceaca (MDB), pediram para que a Prefeitura de Caruaru tomasse alguma providência com relação à erradicação de mosquitos transmissores de doenças. Os parlamentares relataram que a população periférica se encontra vulnerável, pois a falta de saneamento intensifica a propagação de doenças como Arboviroses. Os edis ainda sugeriram a volta do Carro Fumacê. Porém, de acordo com a Associação Brasileira de Saúde Coletiva (ABRASCO), o inseticida pulverizado nas ruas pelos Carros Fumacê, oferece risco à saúde de animais domésticos, pássaros, abelhas e a própria população. Os edis frisaram que alguma medida precisa ser tomada. 

Acompanhe as atividades da Casa Jornalista José Carlos Florêncio e confira o andamento de todas as matérias que tramitam no Legislativo de Caruaru através da TV Câmara, canal 22.2, e pela página do Poder Legislativo de Caruaru.


Desafios da Segurança Pública e infraestrutura foram temas discutidos na 54ª Sessão Plenária Virtual

por Livia Feijo Portela publicado 23/07/2021 09h00, última modificação 23/07/2021 10h51
Colaboradores: Dyego Mendes
Desafios da Segurança Pública e infraestrutura foram temas discutidos na 54ª Sessão Plenária Virtual

Foto: Vladimir Barreto

A vereadora Mery da Saúde (PSD) e os vereadores Leonardo Chaves (PSDB), Cabo Cardoso (PP), Fagner Fernandes (PDT) falaram sobre a infraestrutura do município. Com o período chuvoso, a formação de poças de água nas ruas esburacadas tem dificultado o trânsito de veículos e pedestres. Cardoso pediu mais atenção com relação à segurança pública do município. O vereador frisou a convocação de uma audiência pública a fim de discutir a segurança do município. Além disso foram votadas 72 proposituras na plenária virtual da quinta-feira (23). 

Chaves fez um apelo à Compesa e ao Executivo com relação à Escola Santo Amaro, no bairro Vila Kennedy. O parlamentar afirmou que com o período chuvoso tem se formado lagoas na entrada da escola. O vereador pediu mais atenção da secretaria de infraestrutura, visto que as aulas já iniciaram e a população precisa ter pelo menos o mínimo de estrutura para transitar nas ruas. Mery falou que já fez várias solicitações para que o Executivo tome providências para sanar o problema da infraestrutura dos bairros da cidade. 

Fernandes afirmou que irá continuar cobrando um posicionamento tanto do secretário de segurança pública, Coronel João Patrício da Silva Filho e do secretário de infraestrutura, Rodrigo Miranda. Cardoso falou sobre seu requerimento nº 2394/2021 que solicita a presença do secretário Cel. Patrício em uma plenária virtual para prestar esclarecimentos e discutir políticas públicas da pasta de segurança pública.

O presidente da Casa, Bruno Lambreta (PSDB) apresentou seu requerimento nº 2828/2021. A propositura prevê a digitalização dos arquivos de registro de sepultamento de todos cemitérios municipais da cidade. De acordo com a justificativa, a medida se faz pertinente uma vez que facilitará a gerência e a localização dos registros no banco de dados virtual.

Siga acompanhando as atividades da Câmara, que também são transmitidas pelo canal 22.2 da sua televisão e pelo Facebook. Para mais informações sobre, acesse http://sapl.caruaru.pe.leg.br/


Câmara de Vereadores e OAB Caruaru unem forças para debater o fechamento da 1ª Câmara Regional

por Risoni Santos — publicado 23/07/2021 06h55, última modificação 23/07/2021 09h48
Colaboradores: Dyego Mendes
Câmara de Vereadores e OAB Caruaru unem forças para debater o fechamento da 1ª Câmara Regional

Foto: Vladimir Barreto

A OAB Caruaru em parceria com o Poder Legislativo realizou uma audiência pública na quinta-feira (22) para discutir o fechamento da 1ª Câmara Regional. A desinstalação da comarca, que funciona como uma extensão do Tribunal de Justiça, foi tema de audiência proposta pelo presidente da Casa Bruno Lambreta (PSDB) no último dia 30/06. O equipamento sediado em Caruaru atende a região Agreste e Sertão e abarca 125 municípios. De acordo com o presidente da OAB Pernambuco, Bruno Babtista a remoção distancia e enfraquece diretamente o elo entre a justiça e a sociedade civil. 

O presidente da OAB Caruaru, Fernando Santos Junior iniciou sua fala afirmando a importância da permanência da comarca em Caruaru, visto que é a primeira e única Câmara regional do interior do país. “Isso mostra o pioneirismo de Pernambuco e o quanto essa Câmara representa os anseios da Constituição Federal” salientou Fernando.  

Santos ainda reiterou que em reunião com o presidente do TJ, Fernando Cerqueira, ele disse que após a movimentação gerada a partir da audiência, proposta por Lambreta e apoiada pelos demais parlamentares, os desembargadores estão refletindo sobre a possibilidade de desinstalação da 1ª Câmara. 

Estiveram presentes na mesa, o vereador Bruno Lambreta, o ex-governador de Pernambuco, João Lyra Neto, o vice-prefeito de Caruaru, Rodrigo Pinheiro, Bruno Baptista e Fernando Santos Junior. Além das parlamentares Aline Nascimento (CIDA), Perpétua Dantas (PSDB), os parlamentares Anderson Correia (PP), Cabo Cardoso (PP) e representantes de deputados e prefeitos das cidades atingidas pelo ato nº 566. 

Acompanhe as atividades da Casa Jornalista José Carlos Florêncio e confira o andamento de todas as matérias que tramitam no Legislativo de Caruaru através da TV Câmara, canal 22.2, e pela página do Poder Legislativo de Caruaru.


Ações do documento