Notícias

por admin publicado 09/11/2018 11h15, última modificação 13/11/2018 13h37

Falta de estrutura do Instituto Agronômico de Pernambuco em Caruaru, é discutida em audiência

por Comunicação — publicado 18/04/2022 18h39, última modificação 18/04/2022 18h39
Falta de estrutura do Instituto Agronômico de Pernambuco em Caruaru, é discutida em audiência

Foto: Vladimir Barreto


A situação estrutural da Estação Experimental do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), foi discutida em audiência pública, na segunda-feira (18), através do requerimento nº 859/2022, do vereador Filipe José (PTB). A ocasião reuniu, no plenário da Casa, agricultores, representantes de associações e o secretário executivo de Desenvolvimento Rural de Caruaru, Wesley Nascimento. Na tribuna, o vereador Filipe falou sobre a importância do IPA para a agricultura do município e sobre o desamparo do Governo do Estado com o equipamento. Entre as queixas, estão o déficit de funcionários, veículos danificados e falta de equipamentos. 

O presidente do Conselho Municipal de Saúde, Romário Santos e o presidente do Conselho Municipal Unificado De Desenvolvimento Rural Sustentável de Caruaru, Paulo Augusto, falaram sobre o fortalecimento que o IPA proporciona a agricultura familiar, com as pesquisas, assistência técnica aos  produtores rurais, bem como no controle de pragas. Entre as melhorias para o IPA, Romário destacou: a realização de um concurso público; requalificação da estação experimental; distribuição de sementes de sorgo, milho, feijão, palma forrageira; o retorno de atividades de criação e melhoramento genético de matriz de gado de leite e corte; bem como parcerias com associações para concessão de áreas de plantio.  

O gerente da Estação Experimental do IPA de Caruaru, Francisco Abel, declarou que parte das dificuldades enfrentadas pelo equipamento é decorrente da crise econômica e da pandemia, mas que o instituto agora conta com uma nova diretoria e que eles têm estudado ações de controle da crise. 

“Precisamos dar estrutura para que o homem e a mulher do campo possam desenvolver suas atividades, gerar emprego e renda, dentro do seu espaço rural”, afirmou o secretário executivo, Wesley Nascimento. Questionado sobre as políticas públicas municipais, como o Programa Terra Pronta, atualmente suspenso, Nascimento disse que a pasta tem desenvolvido ações voltadas para agricultura familiar.

Acompanhe as atividades do Poder Legislativo através das redes sociais, da TV Câmara, canal 22.2 e confira o andamento de todas as matérias que tramitam na Casa pelo Sistema de Apoio ao Processo Legislativo (SAPL).


Audiência pública discute Plano de Cargos e Carreiras de Caruaru

por Comunicação — publicado 13/04/2022 15h37, última modificação 13/04/2022 15h37
Audiência pública discute Plano de Cargos e Carreiras de Caruaru

Foto: Vladimir Barreto

 

Parlamentares e professores do município discutiram sobre a revisão do Plano de Cargos e Carreiras (PCC), em audiência pública, na quarta-feira (13), proposta pela vereadora Perpétua Dantas (PSDB). De acordo com os professores, o PCC, aprovado em 2013, foi elaborado sem diálogo com a categoria. Eles também falaram sobre a entrega da educação municipal à Fundação Lemann, que segundo eles, não conhecem as dinâmicas locais e não valorizam a carreira dos educadores. 

A professora Maria Susianne falou sobre a defasagem dos salários dos professores. Ela afirmou que precisa trabalhar em dois municípios para poder ter um salário razoável. Maria e o presidente do SISMUC, Eduardo Mendonça, ressaltaram as várias síndromes que os professores têm adquirido, com o excesso de trabalho, como tendinites crônicas e transtornos de ansiedade. A professora fez uma provocação ao prefeito Rodrigo Pinheiro (PSDB). “Estamos juntos e confiamos que o senhor vai nos atender em seu gabinete, porque nós precisamos conversar”. 

A professora do Centro Acadêmico do Agreste (CAA), Tânia Bazante, enfatizou que a qualificação profissional para os professores da cidade não é gasto, mas investimento. 

Acompanhe as atividades do Poder Legislativo através das redes sociais, da TV Câmara, canal 22.2 e confira o andamento de todas as matérias que tramitam na Casa pelo Sistema de Apoio ao Processo Legislativo (SAPL).

Parlamentares chamam atenção para violência nos bairros da cidade

por Comunicação — publicado 12/04/2022 21h13, última modificação 12/04/2022 21h13
Parlamentares chamam atenção para violência nos bairros da cidade

Foto: Vladimir Barreto


Vereadoras e vereadores fizeram um apelo ao Governo do Estado, na sessão ordinária da terça-feira (12), para que reforcem os investimentos na segurança do município. Mano do Som (União Brasil), em seu momento na tribuna, destacou a violência nos bairros: Indianópolis; Morada Nova; Rendeiras e Serra Nova. Ele disse que foi procurado por moradores das localidades que relataram arrombamentos e furtos. A vereadora Kátia da Rendeiras (Republicanos) afirmou que a iluminação precária de alguns pontos do bairro Rendeiras, bem como a falta de rondas constantes tem facilitado a criminalidade. 

Os parlamentares ressaltaram que a polícia tem feito o possível, o problema é a pouca estrutura ofertada pelo Estado, para que eles desenvolvam seu trabalho. “Os policiais têm arriscado suas vidas diuturnamente, com baixos salários e falta de aparelhamento”, afirmou o Cabo Cardoso (PP).  

Ainda na ocasião, os edis aprovaram 54 proposituras da ordem do dia, entre projetos de lei, requerimentos e indicações, e falaram sobre obras em andamento no município. 

O presidente da Casa, Bruno Lambreta (PSDB), destacou o início da implantação de uma rede de distribuição de água no Sítio Araçá, ações de terraplanagem, iniciadas no 4º Distrito e serviços de calçamento na Rua Djanira, no Sítio Xicuru. Bruno também fez uma provocação às construtoras que atuam no município. Ele afirmou que com a expansão da cidade e o fluxo intenso de obras, os caminhões de carga, das construtoras, têm danificado as obras de pavimentação. Lambreta disse que vai entrar em contato  com o presidente da Autarquia de Urbanização e Meio Ambiente de Caruaru (URB), Francisco de Assis Batista, para que sejam articuladas medidas para prevenir os danos.

Acompanhe as atividades do Poder Legislativo através das redes sociais, da TV Câmara, canal 22.2 e confira o andamento de todas as matérias que tramitam na Casa pelo Sistema de Apoio ao Processo Legislativo (SAPL).


Câmara aprova PL que institui o dia em memória às vítimas da Covid-19

por Comunicação — publicado 07/04/2022 22h05, última modificação 07/04/2022 22h07
Câmara aprova PL que institui o dia em memória às vítimas da Covid-19

Foto: Vladimir Barreto

 

Aprovado na sessão ordinária da quinta-feira (07), o Projeto de Lei nº 9.063/2022 prevê a instituição, no calendário oficial do município, do dia em memória às vítimas da Covid-19. A matéria é do vereador Fagner Fernandes (PDT). Na ocasião, foram aprovadas 70  proposituras da ordem do dia, entre projetos de lei, de decreto legislativo, requerimentos e indicações. O Projeto de Lei nº 8.763/2022, visa instituir, em Caruaru, a Semana Roxa. A iniciativa é do parlamentar Jorge Quintino (PTB), e tem como principal objetivo conscientizar a população com relação a Fibromialgia, desenvolver debates e estimular o tratamento da doença.

O presidente da Casa, Bruno Lambreta (PSDB), através do Projeto de Decreto Legislativo nº 1.588/2022, concedeu a Medalha de Honra ao Mérito, Argemiro Pascoal, ao Festival de Teatro do Agreste (FETEAG) e ao Teatro Experimental de Arte (TEA). “Os projetos têm contribuído para a iniciação e formação de artistas no Estado de Pernambuco e particularmente na cidade de Caruaru, considerando que mais de 90% dos artistas atuantes na Cidade iniciaram suas carreiras participando do FETEAG ou das oficinas de iniciação teatral promovidas pelo TEA”, ressaltou o presidente.

Ainda na sessão, os edis falaram sobre o convite, do novo prefeito Rodrigo Pinheiro (PSDB), para uma reunião na manhã da sexta-feira (08). Perpétua Dantas (PSDB), destacou a importância do chamado do chefe do Executivo e a decência do mesmo não ter barrado a oposição.

Os vereadores também parabenizaram os jornalistas do município, pelo seu dia. Eles ressaltaram a relevância de um jornalismo sério, ético, comprometido com informações verdadeiras e a necessidade de checar as fontes antes de reproduzir notícias falsas. “Só através da comunicação podemos edificar uma sociedade melhor”, disse o parlamentar Lula Torres (PSDB).

Acompanhe as atividades do Poder Legislativo através das redes sociais, da TV Câmara, canal 22.2 e confira o andamento de todas as matérias que tramitam na Casa pelo Sistema de Apoio ao Processo Legislativo (SAPL).


Nota de pesar pelo falecimento do ex-vereador Jonas da Sorveteria

por Comunicação — publicado 06/04/2022 09h47, última modificação 06/04/2022 09h47
Nota de pesar pelo falecimento do ex-vereador Jonas da Sorveteria

Imagem: Equipe Comunicação

 

O Poder Legislativo de Caruaru lamenta o falecimento do ex-vereador Jonas Rodrigues de Lacerda (Jonas da Sorveteria). De acordo com familiares, ele estava internado no Hospital Mestre Vitalino e veio a óbito após um ataque cardíaco, na terça-feira (05). Jonas exerceu seu mandato na Câmara de Vereadores de Caruaru, de 1997 a 2000.

A Casa está de luto e deseja aos familiares e amigos do ex-vereador, o conforto nas boas lembranças. O Legislativo também faz questão de exaltar todos os serviços prestados para o município e o legado que ele deixou.

Parlamentares repercutem o retorno das obras do Hospital da Mulher

por Comunicação — publicado 05/04/2022 22h03, última modificação 05/04/2022 22h03
Parlamentares repercutem o retorno das obras do Hospital da Mulher

Foto: Vladimir Barreto

 

O vereador Mano do Som (União Brasil), na sessão ordinária da terça-feira (05), em seu momento na tribuna, falou sobre o retorno das obras do Hospital da Mulher. O parlamentar declarou estar feliz com a possível conclusão das obras, mas manifestou indignação, visto que faz 9 anos que elas estão paradas e retorna, agora, em tempos de campanha política. O presidente da Casa, Bruno Lambreta (PSDB), aproveitou o assunto para relembrar a paralisação das obras do Instituto Médico Legal (IML), no Complexo de Polícia Científica. As obras do Complexo foram iniciadas em 2011 e paralisadas em 2013. 

Ainda na sessão, foram aprovadas 51 proposituras da ordem do dia, entre projetos de lei, requerimentos e indicações. Além disso, os edis discutiram outros temas de interesse da população.

O Cabo Cardoso (PP), falou sobre a ampliação de políticas públicas de proteção à mulher. Ele afirmou ser necessário trazer, o quanto antes, o serviço de denúncias emergenciais Disque 190 para o município. A vereadora Perpétua Dantas (PSDB) destacou que há um abandono de campanhas, tanto de conscientização e combate à violência contra a mulher, quanto da rede de proteção atual, com a qual as mulheres podem contar. Dantas, citou a Vara de Violência Doméstica e Familiar, o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), bem como a Delegacia da Mulher, pelo Disque 180.  

Anderson Correia (PP) e Jorge Quintino (PTB) falaram sobre a infraestrutura do bairro Luiz Gonzaga. Os parlamentares fizeram um apelo ao secretário de obras, Rodrigo Miranda, que medidas sejam tomadas com relação ao saneamento, sinalização e manutenção das vias. 

Acompanhe as atividades do Poder Legislativo através das redes sociais, da TV Câmara, canal 22.2 e confira o andamento de todas as matérias que tramitam na Casa pelo Sistema de Apoio ao Processo Legislativo (SAPL).


Legislativo tem iluminação externa voltada ao Abril Azul e Laranja

por Comunicação — publicado 05/04/2022 12h30, última modificação 05/04/2022 12h30
Legislativo tem iluminação externa voltada ao Abril Azul e Laranja

Abril Azul e Laranja

No mês de Abril, a Câmara Municipal de Caruaru adota as campanhas alusivas ao Abril Azul e Laranja. Durante o período, as luzes externas que iluminam a entrada do Poder Legislativo se revezarão entre as duas cores, com o objetivo de despertar a atenção da sociedade para as temáticas em questão.

O movimento “Abril Azul”, criado a partir do Dia Mundial de Conscientização do Autismo, em 2 de abril, procura dar mais visibilidade ao tema do Transtorno do Espectro Autista (TEA) e ampliar o conhecimento sobre o assunto para auxiliar pais, educadores e responsáveis a reconhecer sinais que possam representar o distúrbio. 

O Autismo é uma condição de saúde caracterizada por déficit em duas importantes áreas do desenvolvimento: comunicação social e comportamento, e torna-se importante iniciar o tratamento o quanto antes para incluir os portadores do transtorno na sociedade, de maneira acolhedora.

Através de ofício, o vereador Anderson Correia (PP), solicitou a inclusão da cor laranja em alusão ao “Abril Laranja”, que tem o propósito de alertar e promover ações de conscientização da sociedade para prevenir os maus-tratos e a crueldade, como abandono e agressões, contra animais não-humanos.

Além da iluminação, as redes sociais da Casa contarão com cards informativos, com o objetivo de educar as pessoas sobre essas importantes questões de saúde e convivência social.

Acompanhe as atividades do Poder Legislativo através das redes sociais, da TV Câmara, canal 22.2 e confira o andamento de todas as matérias que tramitam na Casa pelo Sistema de Apoio ao Processo Legislativo (SAPL).


Legislativo discute políticas públicas para pessoas com autismo, em audiência

por Comunicação — publicado 04/04/2022 16h41, última modificação 04/04/2022 16h41
Legislativo discute políticas públicas para pessoas com autismo, em audiência

Foto: Vladimir Barreto

 

A audiência pública foi provocada pelo vereador Jorge Quintino (PTB), com o objetivo de discutir políticas públicas para pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA). A ocasião reuniu, no plenário da Casa, na terça-feira (04), parlamentares, especialistas, representantes do Poder Executivo, associações e instituições que atuam na promoção do desenvolvimento social de pessoas neurodiversas. 

O vice-presidente da Comissão Especial de Defesa dos Direitos dos Autistas do Conselho Federal da OAB, Robson Menezes, destacou um levantamento, realizado pelo auditor do Tribunal de Contas de Pernambuco, João Francisco. De acordo com os dados levantados, os autistas estão em situação de abandono. Menezes afirmou que esses dados já foram direcionados ao Governo do Estado e aos municípios.  

"Está tudo previsto na legislação, mas infelizmente nós passamos e vivenciamos guerras diárias para fazer cumprir a lei. Dispositivos legais que dão direito a saúde, educação, acesso a  profissionais de apoio pedagógico, assistentes terapêuticos, medicamentos e apoio aos familiares, tudo isso está previsto em lei. Temos a Lei Federal nº 13.146/ 2015, Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa Com Deficiência e a Estadual nº 15.487/2015, que visa a Proteção e os Direitos da pessoa com TEA no Estado”, disse Robson Menezes, que também é pai de uma criança autista. 

O Neuropediatra e especialista em atendimento de crianças autistas, Gustavo Nogueira de Holanda, falou sobre a importância do diagnóstico precoce, que feito nos primeiros anos de vida evita uma série de comorbidades e facilita a inserção na sociedade, mas que, infelizmente, essa não é uma realidade no Brasil. 

O fisioterapeuta e sócio do Espaço Desenvolver, Júlio Reinaux, destacou que a instituição realizou uma ação de avaliação de pessoas autistas, recentemente. Ele disse que chegaram crianças de 14 e 16 anos que não conseguiram um diagnóstico pela falta de neurologistas na rede pública de saúde. Reinaux enfatizou que a falta de diagnóstico impossibilita o tratamentos dessas pessoas.

A secretária executiva, Domany Cavalcanti, disse que o Poder Executivo tem implementado iniciativas para garantia dos direitos de pessoas autistas, mas que a pandemia da Covid-19 dificultou a condução das políticas públicas. Ela disse que o Ambulatório Multiprofissional Especializado (AME Infantojuvenil) conta, atualmente, com o serviço de neuropediatria e acompanhamento das famílias de pessoas com TEA. Além disso, Cavalcanti afirmou que a secretaria está retomando os projetos interrompidos pela pandemia.

Acompanhe as atividades do Poder Legislativo através das redes sociais, da TV Câmara, canal 22.2 e confira o andamento de todas as matérias que tramitam na Casa pelo Sistema de Apoio ao Processo Legislativo (SAPL).


Prefeita Raquel Lyra renuncia e Rodrigo Pinheiro assume a prefeitura

por Comunicação — publicado 01/04/2022 07h58, última modificação 01/04/2022 07h58
Prefeita Raquel Lyra renuncia e Rodrigo Pinheiro assume a prefeitura

Foto: Vladimir Barreto

 

Na sessão ordinária da quinta-feira (31), a prefeita Raquel Lyra (PSDB), anunciou, na tribuna do Poder Legislativo, sua renúncia à prefeitura do município e, em ato solene, o vice-prefeito Rodrigo Pinheiro (PSDB), assumiu a posse do Poder Executivo. Estiveram presentes nas ocasiões; o governador João Lyra Neto, as vereadoras e vereadores da Casa e familiares do novo prefeito. A ex-prefeita de Caruaru também anunciou sua pré-candidatura ao cargo eletivo de Governadora do Estado. 

Lyra afirmou ter sido uma honra ocupar a prefeitura e agradeceu a toda população pelo apoio. “Eu entendo que política só serve se for para realmente transformar e quero fazer a mesma transformação que fizemos em Caruaru, agora, em todo o Estado”. Pinheiro agradeceu os anos de aprendizado ao lado de Raquel e disse que continuará lutando por uma Caruaru mais justa e com qualidade de vida para a população. Ele destacou a importância do diálogo na construção de políticas públicas e disse que os principais compromissos continuarão sendo saúde, educação, emprego e políticas públicas inclusivas. 

A bancada de oposição saudou o novo prefeito e ressaltou a importância do diálogo na promoção de políticas públicas. O Cabo Cardoso (PP), destacou a necessidade do novo prefeito conhecer e andar pela cidade, principalmente nas periferias, que de acordo com ele, está abandonada pela gestão. Fagner Fernandes (PDT) disse esperar que Pinheiro ouça os vereadores e vereadoras da base e também da oposição, bem como os movimentos sociais. Perpétua Dantas (PSDB) falou sobre as expectativas de um novo governo. “Eu tenho esperança que Rodrigo enquanto prefeito não vai interferir na autonomia constitucional do Legislativo, nem tratar o poder como se o mesmo fosse de segunda categoria. Que seja uma relação horizontal”, afirmou. 

O edis agradeceram a Raquel pelas conquistas da gestão. O presidente da Casa, Bruno Lambreta (PSDB), disse, em nome dos demais parlamentares, que Rodrigo pode contar com apoio fiscalizador do Legislativo, para que juntos possam continuar transformando Caruaru. Anderson Correia (PP) falou pelos animais. O edil afirmou ter esperança que o novo prefeito continue avançando na plataforma da causa animal. Lula Torres (PSDB) disse que acredita na continuidade da gestão e na sensibilidade de Pinheiro.

Acompanhe as atividades do Poder Legislativo através das redes sociais, da TV Câmara, canal 22.2 e confira o andamento de todas as matérias que tramitam na Casa pelo Sistema de Apoio ao Processo Legislativo (SAPL).


Poder Legislativo apresenta projeto arquitetônico de nova sede

por Comunicação — publicado 30/03/2022 15h30, última modificação 30/03/2022 15h30
Poder Legislativo apresenta projeto arquitetônico de nova sede

Foto: Vladimir Barreto

 

A Câmara de Vereadores de Caruaru, apresentou, na quarta-feira (30), o projeto arquitetônico para construção de sua nova sede. O novo prédio será construído na Av. Brasil, no bairro Universitário. A área total cedida é de 12.282,14 m² e a área construída é de 2.965,64 m². A ocasião reuniu historiadores, profissionais da imprensa, parlamentares e o vice-prefeito, Rodrigo Pinheiro (PSDB). A arquiteta e representante da empresa responsável pelo projeto, Marcela Marabuco, apresentou todos os detalhes da planta e, ao final, se colocou à disposição para os questionamentos da plateia.

Marcela afirmou que o projeto conta com um pavimento único, o que vai facilitar a comunicação entre os setores, distribuídos em: plenária com capacidade para 150 lugares; salão nobre com 110 assentos;  auditório; recepção; setor administrativo; arquivo; gabinetes e demais setores que compõem o Legislativo. O empreendimento também vai contar com  rampas de acessibilidade, placas fotovoltaicas e um sistema de reutilização de água, entre outras inovações.

Rodrigo Pinheiro parabenizou a Câmara pela conquista e disse que vai agilizar o processo dentro do alcance da gestão. Ele também foi questionado pelo filho do patrono da Casa, Helio Florencio, sobre qual será o destino da sede atual. Pinheiro afirmou que o prédio será preservado, mas que ainda não se sabe qual será o destino.

O presidente da Casa, Bruno Lambreta, se emocionou, agradeceu a todos os presentes e falou sobre a luta dos edis, para conseguir o terreno e seguir com o projeto.  Ele também falou sobre a preservação do prédio atual. “A história tem que ser registrada e valorizada”, reiterou. 

Acompanhe as atividades do Poder Legislativo através das redes sociais, da TV Câmara, canal 22.2 e confira o andamento de todas as matérias que tramitam na Casa pelo Sistema de Apoio ao Processo Legislativo (SAPL).


PL que atualiza o piso salarial dos professores é aprovado em plenário

por Comunicação — publicado 30/03/2022 08h52, última modificação 30/03/2022 08h52
PL que atualiza o piso salarial dos professores é aprovado em plenário

Foto: Vladimir Barreto

 

Foi aprovado, no plenário da Câmara, na terça-feira (29), o Projeto de Lei nº 9.261/2022, que prevê o reajuste salarial dos professores da rede municipal. O texto inicial do projeto foi retirado de pauta pela Mesa Diretora, e com o apoio dos demais edis, por causa do baixo percentual de 10,16%, proposto pelo Poder Executivo. Depois de reuniões e assembleias, a categoria e o Executivo entraram em acordo e a gestão reenviou o projeto ao plenário da Casa com o reajuste de 20%. A vereadora Perpétua Dantas (PSDB), ressaltou que iria votar sim ao PL, mas que os 20% não contemplavam o aumento legal garantido pelo Governo Federal, de 33,24%. O Cabo Cardoso (PP) afirmou ser um desrespeito com a classe e disse que cidades com orçamentos menores atenderam o reajuste previsto na lei.

Ainda na sessão, foram aprovados mais três projetos de lei do Poder Executivo e 65 proposituras da ordem do dia, entre requerimentos, indicações e projetos de lei complementar. 

O PL nº 9.263/2021, do Executivo, altera a legislação municipal. Entre as alterações trazidas no texto, está o reajuste salarial dos conselheiros tutelares de Caruaru. A matéria também inclui o reajuste salarial dos servidores do município e uma reforma administrativa. Perpétua Dantas, Cabo Cardoso, Fagner Fernandes (PDT) e Galego de Lages (MDB) se abstiveram da votação. Dantas ressaltou a importância do reajuste do piso dos servidores e conselheiros, mas declarou não concordar com a criação de 139 cargos pela reforma, às vésperas da proibição constitucional de criação de cargos. De acordo com os edis, os projetos deveriam ter sido apresentados separadamente. 

Projeto de Lei nº 9.259/2022, também do Poder Executivo, visa a obrigatoriedade de atendimento prioritário, nos estabelecimentos públicos e privados, às pessoas com fibromialgia. O parágrafo único do artigo 3 da lei, diz que a identificação dos beneficiários ocorrerá por meio de uma cartão para atendimento preferencial, que deverá ser regulamentado pelo Executivo. 

O vereador Nelson Diniz (Cidadania), em seu momento na tribuna, fez uma homenagem a Dona Terezinha das Flores. A feirante mais antiga, no segmento, do Parque 18 de Maio.

Mery da Saúde falou sobre o estacionamento da UNINASSAU, que está localizada entre as BR’s 104 e 232. De acordo com ela, os carros estacionam no acostamento, invadindo a BR. A vereadora convocou a Comissão de Educação para que os mesmos possam acionar o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), a Polícia Rodoviária Federal (PRF) e o Grupo Ser Educacional. “Precisamos agir antes que vidas sejam ceifadas pela imprudência no transisto”, concluiu. 

Acompanhe as atividades do Poder Legislativo através das redes sociais, da TV Câmara, canal 22.2 e confira o andamento de todas as matérias que tramitam na Casa pelo Sistema de Apoio ao Processo Legislativo (SAPL).


Projeto de Lei prevê atendimento prioritário a pessoas com fibromialgia

por Comunicação — publicado 24/03/2022 22h40, última modificação 24/03/2022 22h39
Projeto de Lei prevê atendimento prioritário a pessoas com fibromialgia

Foto: Vladimir Barreto

 

O vereador Jorge Quintino (PTB), destacou, na sessão da quinta-feira (24), o Projeto de Lei nº 9.259/2022 que prevê a obrigatoriedade de atendimento prioritário, nos estabelecimentos públicos e privados, às pessoas com fibromialgia. A matéria é do Poder Executivo, deu entrada na quinta (24), e aguarda o parecer das comissões. Ainda na sessão, os parlamentares votaram 45 matérias da ordem do dia, entre requerimentos, indicações, projetos de lei e discutiram temas do interesse da população.

Leonardo Chaves (PSDB) falou sobre a violência no bairro Indianópolis, onde os moradores estariam sofrendo com arrombamentos e furtos. Chaves afirmou que a violência decorre, em parte, das pessoas em situação de rua que integram o Centro Pop e o Programa Atitude. “Comida e dormida não resolve, tem que haver uma ação mais efetiva para as pessoas em situação de rua”.

O presidente da Casa, Bruno Lambreta (PSDB), e a vereadora Aline Nascimento (Cidadania) falaram sobre as conquistas na educação do município. Bruno destacou a entrega do complexo esportivo do Colégio Municipal Álvaro Lins, bem como da requalificação da Escola Municipal Professor Leudo Valença. Os edis parabenizam a gestão e afirmaram que continuarão lutando por mais avanços na educação de Caruaru.

Acompanhe as atividades do Poder Legislativo através das redes sociais, da TV Câmara, canal 22.2 e confira o andamento de todas as matérias que tramitam na Casa pelo Sistema de Apoio ao Processo Legislativo (SAPL).

Poder Legislativo discute ações de combate à esporotricose

por Comunicação — publicado 23/03/2022 21h15, última modificação 23/03/2022 21h23
Poder Legislativo discute ações de combate à esporotricose

Foto: Vladimir Barreto

 

Em audiência pública, na quarta-feira (23), a Câmara discutiu ações de combate à esporotricose. A audiência foi proposta pelo vereador Fagner Fernandes (PDT), através do requerimento nº 434/2022. Estiveram presentes, a vereadora Aline Nascimento (Cidadania), que presidiu a ocasião, o vereador Anderson Correia (PP), representantes do Poder Executivo, especialistas e veterinários. A esporotricose é uma micose provocada por fungos que, atualmente, tem como principal transmissor os gatos. A transmissão ocorre através de arranhões, e pode afetar animais não humanos e humanos.

A secretária executiva de Vigilância e Atenção Básica, Sara Rafael, esteve representando a Secretária de Saúde do município e destacou que o não reconhecimento da micose como uma zoonose pelo Ministério da Saúde dificulta o mapeamento e a prevenção.

“O ministério da saúde é quem organiza o serviço. Se não se tem o reconhecimento do órgão norteador do país, não se tem o fluxo da assistência, não tem mapeamento, nem diagnóstico”, afirmou a veterinária Cláudia Agra.

A professora de medicina veterinária da UNIFAVIP, Jéssica Bandeira, declarou que a esporotricose não é uma zoonose, mas devido a mudanças na cadeia epidemiológica ela se tornou uma doença com potencial zoonótico.

Sara Rafael, afirmou que a secretaria tem provocado o Ministério da Saúde e o Governo do Estado com relação a essa discussão. “Precisamos ampliar a discussão, o Estado precisa ser provocado. Não temos suporte laboratorial no município”. Ela ainda ressaltou que as políticas públicas da saúde precisam ser construídas com a união das esferas municipal, estadual e federal.

O vereador Anderson também manifestou a necessidade de sair do nível municipal o mais rápido possível, visto a necessidade de uma construção em conjunto.  

A protetora de animais, Lívia Mendonça, fez um apelo para que o Poder Executivo tome medidas cabíveis a curto prazo, pois os animais estão sofrendo e o quadro de infectados está aumentando dia após dia. Ela ainda fez um apelo às universidades e entidades de proteção animal para que promovam projetos e campanhas que auxiliem no tratamento e contenção da doença.

Acompanhe as atividades do Poder Legislativo através das redes sociais, da TV Câmara, canal 22.2 e confira o andamento de todas as matérias que tramitam na Casa pelo Sistema de Apoio ao Processo Legislativo (SAPL).

Parlamentares criticam a falta de diálogo do Executivo na condução de políticas públicas

por Comunicação — publicado 22/03/2022 22h13, última modificação 22/03/2022 22h13
Parlamentares criticam a falta de diálogo do Executivo na condução de políticas públicas

Foto: Vladimir Barreto

 

A bancada de oposição lamentou, na sessão da terça-feira (22), a falta de diálogo, por parte do Poder Executivo, na condução de políticas públicas para o município. Perpétua Dantas (PSDB) disse que esteve, junto com os vereadores Cabo Cardoso (PP) e Fagner Fernandes (PDT), na feira de flores e foram informados que a prefeitura determinou que os feirantes têm até dia 29 de março para deixar a localidade. De acordo com eles, a feira de flores será transferida para o mercado de farinha, mas a medida foi estabelecida pelo Executivo sem o diálogo com os feirantes.

Ainda na ocasião, os parlamentares votaram, entre requerimentos, indicações, Projetos de Lei e de Decreto Legislativo, 75 proposituras da ordem do dia.

O presidente da Casa, Bruno Lambreta (PSDB), em seu momento na tribuna, celebrou os 65 anos da música “A Feira de Caruaru”, do compositor caruaruense Onildo Almeida. Também, destacou o evento de formalização da federação do PSDB com o Cidadania, que aconteceu no Recife, na segunda-feira (21). De acordo com Lambreta, a ocasião contou com figuras importantes do cenário político e temas relevantes foram discutidos.

Anderson Correia (PP), Fagner Fernandes (PDT) e o presidente falaram sobre a entrega da unidade móvel de castração e atendimento da AME Animal, na segunda-feira (21). Os edis parabenizaram todos os envolvidos na luta pela causa e afirmaram que continuarão lutando pela ampliação das políticas públicas animalistas.

Acompanhe as atividades do Poder Legislativo através das redes sociais, da TV Câmara, canal 22.2 e confira o andamento de todas as matérias que tramitam na Casa pelo Sistema de Apoio ao Processo Legislativo (SAPL).

Parlamentares denunciam falta de insumos no Hospital Regional do Agreste

por Comunicação — publicado 17/03/2022 23h53, última modificação 17/03/2022 23h53
Parlamentares denunciam falta de insumos no Hospital Regional do Agreste

Foto: Vladimir Barreto

 

Na sessão ordinária, da quinta-feira (17), os parlamentares falaram sobre a situação do Hospital Regional do Agreste (HRA). Quem abriu a discussão, foi o vereador Izaac da Saúde (Cidadania), ele afirmou que recebeu uma denúncia com relação a falta de insumos e superlotação. O edil destacou que faltam medicamentos básicos, como dipirona, e material cirúrgico. Com relação à superlotação, Izaac afirmou que há pacientes aguardando, no hospital, procedimento há mais ou menos 30 dias.

O presidente da Casa, Bruno Lambreta (PSDB), declarou que falta decisão política para resolver o problema. “A única estrutura que o Regional tem é a dos profissionais que lá atuam. O Governo do Estado não tem compromisso com a saúde da região, é um problema permanente”. A vereadora Aline Nascimento (Cidadania), e os vereadores Ricardo Liberato (PSDB), Nelson Diniz (Cidadania), Galego de Lages (MDB) e Anderson Correia (PP) também manifestaram apoio a fala dos colegas edis e fizeram um apelo para que o Governo do Estado tome as devidas providências com relação ao descaso no HRA. "Parece que Caruaru não existe para o Governo”, ressaltou Correia.

Ainda na ocasião, os parlamentares votaram 65 proposituras da ordem do dia, entre Projetos de Lei, requerimentos e indicações. A sessão também contou com a presença do integrante da Banda de Pífanos de Caruaru, João Biano. O músico foi convidado pelo vereador Leonardo Chaves (PSDB) e homenageado por todos os parlamentares. Biano agradeceu a homenagem e falou sobre a honra que é levar a cultura de Caruaru para o mundo.

Perpétua Dantas (PSDB), aproveitou a homenagem para falar sobre o abandono de políticas públicas voltadas para a cultura da cidade. “É urgente que o Fundo Municipal de Cultura seja criado no município. A cultura local foi desmontada, a política cultural, hoje, não existe nem dentro da secretaria de educação”.

Acompanhe as atividades do Poder Legislativo através das redes sociais, da TV Câmara, canal 22.2 e confira o andamento de todas as matérias que tramitam na Casa pelo Sistema de Apoio ao Processo Legislativo (SAPL).

Parlamentares apreciam ofício que solicita a retirada do PL que reajusta o piso dos professores

por Comunicação — publicado 15/03/2022 22h30, última modificação 16/03/2022 10h18
Parlamentares apreciam ofício que solicita a retirada do PL que reajusta o piso dos professores

Foto: Vladimir Barreto

 

Na sessão ordinária, da terça-feira (15), os parlamentares apreciaram o ofício nº 1.597/2022. A propositura é do Poder Executivo e solicita a retirada do Projeto de Lei nº 9.242/2022, que prevê o reajuste do piso salarial dos professores da rede municipal. A matéria como chegou ao plenário da Casa, recebeu críticas por causa do percentual do reajuste que não condizia com o esperado pela categoria. “Esse momento da retirada do projeto pelo Poder Executivo é a vitória das ruas e das professoras e professores de Caruaru. Eu parabenizo todas as vereadoras e vereadores dessa Casa, que eu tenho certeza absoluta, que não deixariam passar esse projeto do jeito que ele chegou”, declarou, Perpétua Dantas (PSDB). 

O presidente da Casa, Bruno Lambreta (PSDB), destacou que o Poder Legislativo tem dado a sua contribuição e que, em sintonia com as bancadas de situação e oposição, a Mesa Diretora buscou ao longo da discussão sobre o PL tomar medidas justas e sensatas, que contemplassem as reivindicações dos professores. Os demais edis parabenizaram as professoras e professores, presentes no plenário, pela luta e retirada do projeto. De acordo com Lambreta, o projeto agora está na mesa de negociação, entre o Poder Executivo e a categoria.

Ainda na ocasião, os parlamentares votaram 27 matérias da ordem do dia, entre requerimentos e indicações. 

A bancada de oposição pediu atenção para o requerimento nº 281/2022, apresentado em fevereiro e que convoca a presença do secretário de educação, João Paulo, para trazer informações com relação a execução do contrato que trata do transporte de estudantes da rede municipal. A demanda surgiu a partir de irregularidades no transporte de estudantes, apresentadas pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), constatadas em uma apreensão. De acordo com o texto da matéria, entre as irregularidades estão: motoristas sem especialização para realizar o transporte escolar; licenciamento atrasado; ausência de cinto de segurança, sinalização e excesso de lotação.   

Acompanhe as atividades do Poder Legislativo através das redes sociais, da TV Câmara, canal 22.2 e confira o andamento de todas as matérias que tramitam na Casa pelo Sistema de Apoio ao Processo Legislativo (SAPL).


Mesa diretora retira de pauta o PL que reajusta o piso salarial dos professores

por Comunicação — publicado 10/03/2022 22h34, última modificação 10/03/2022 22h34
Mesa diretora retira de pauta o PL que reajusta o piso salarial dos professores

Foto: Vladimir Barreto


O presidente da Casa, Bruno Lambreta (PSDB), anunciou, na Sessão Ordinária da quinta-feira (10), a retirada do Projeto de Lei nº 9.242/2022 da pauta do dia. A matéria trata do reajuste do piso salarial dos professores. Os edis justificaram que a decisão foi tomada para que a categoria afetada, os poderes Legislativo e Executivo possam dialogar e chegar a um denominador comum. “Em respeito às nobres professoras e nobres professores que estão, legitimamente, aqui, ocupando as galerias, gostaria de comunicar que a Mesa Diretora, em sintonia com a bancada de situação e oposição, tomou a decisão de retirar o projeto da pauta de hoje”, declarou o presidente aos professores presentes na galeria da Casa.

Lula Torres (PSDB) ressaltou que a decisão da Mesa foi de fato para que os professores, o Executivo e o Legislativo cheguem a um consenso. De acordo com ele, se o PL fosse rejeitado em plenário, hoje, ele só poderia ser apresentado novamente no próximo ano.

“Em nome da oposição, eu espero que a gestora do nosso município retire esse projeto que está em pauta para negociar com os professores e que na próxima semana, quando ele voltar ao plenário, seja para beneficiar toda a classe de professores”, afirmou Fagner Fernandes (PDT). Perpétua Dantas (PSDB) fez um apelo para que esse diálogo com a gestão aconteça o mais rápido possível e destacou que a retirada do PL da pauta só faz sentido se a prefeita se comprometer a dialogar com os professores.

Ainda na ocasião, foram votadas 106 proposituras da ordem do dia. Entre elas, o PL nº 9.238/2022, do Poder Executivo, que prevê a desafetação e doação de área de domínio público à Polícia Federal.

Acompanhe as atividades do Poder Legislativo através das redes sociais, da TV Câmara, canal 22.2 e confira o andamento de todas as matérias que tramitam na Casa pelo Sistema de Apoio ao Processo Legislativo (SAPL).

Audiência pública discute violência obstétrica no município

por Comunicação — publicado 09/03/2022 14h38, última modificação 09/03/2022 14h38
Audiência pública discute violência obstétrica no município

Foto: Vladimir Barreto

 

Em audiência pública virtual, na quarta-feira (09), vereadoras, representantes de movimentos sociais, doulas, profissionais de saúde e cidadãs do município discutiram a violência obstétrica em Caruaru. A ocasião foi proposta pela vereadora Perpétua Dantas (PSDB), a partir do requerimento nº 340/2022, e presidida pela parlamentar, Aline Nascimento (Cidadania). Na ocasião, Dantas manifestou frustração com o não comparecimento de representantes das secretarias de desenvolvimento social e direitos humanos e da secretária da mulher. Entre as questões trazidas na audiência estava o não cumprimento da Lei nº 5.951/2017, (Lei Nascer Bem) que prevê a humanização da assistência à mulher e ao neonato durante o ciclo gravídico-puerperal na rede municipal.

O representante da Casa de Saúde Bom Jesus, Carlos Pereira, afirmou que vem cobrando da gestão os serviços que deixaram de existir na unidade. De acordo com ele, a localidade não conta mais com serviços de fonoaudiologia , psicologia e a quantidade de doulas diminuiu, além disso os profissionais de saúde trabalham em sobrecarga, o que dificulta o atendimento das mães e dos recém-nascidos. 

“A Lei Nascer Bem não está sendo cumprida. As mulheres precisam da garantia de direitos, é preciso de profissionais preparados, um espaço acolhedor e uma equipe multidisciplinar para garantir a desenvoltura da gestação. Não temos isso atualmente”, afirmou a representante do Sindicato dos Enfermeiros do Estado, Tatiane Ferreira. 

A doula, Jessica Santos, destacou que o tratamento, às gestantes no município, é desumano e que essas mulheres são expostas a violência física e verbal diariamente. Ela disse que na prática, a Lei 5.951/2017 não tem funcionado, pois ela garante, à gestante, o acompanhamento de doula, mas esse direito não está sendo garantido na realidade, pois é preciso de uma autorização da unidade para o acompanhamento. “Negar o acompanhante é uma violência obstétrica”.  

“Temos que sair às ruas novamente. Nós não vamos permitir que as mulheres levem para casa toda uma violência pro resto da vida. A lei precisa ter aplicabilidade”, disse a representante do Movimento Social,  Lenilda Brito. 

Aline Nascimento ressaltou a importância da audiência e de continuar lutando por mais políticas públicas que garantam os direitos das mulheres e que combatam todo tipo de violência. 

Acompanhe as atividades do Poder Legislativo através das redes sociais, da TV Câmara, canal 22.2 e confira o andamento de todas as matérias que tramitam na Casa pelo Sistema de Apoio ao Processo Legislativo (SAPL).


Vereadora assume presidência do Legislativo em homenagem ao Dia Internacional da Mulher

por Comunicação — publicado 08/03/2022 21h50, última modificação 09/03/2022 09h04
Vereadora assume presidência do Legislativo em homenagem ao Dia Internacional da Mulher

Foto: Vladimir Barreto

 

O presidente da Casa, Bruno Lambreta (PSDB), cedeu a sua cadeira para que a parlamentar, Aline Nascimento (Cidadania), presidisse a Sessão Ordinária da terça-feira (08), em homenagem ao Dia Internacional da Mulher. Em nome das mulheres caruaruenses Aline convidou a cientista social e empreendedora, Rosângela Augusta, para receber uma homenagem por esse dia tão significativo. A escolha de Rosa, como é conhecida na cidade, de acordo com Nascimento, veio a partir de sua trajetória e seu comprometimento com as mulheres. Ela lidera 14 mulheres em seu salão de beleza, entre elas, jovens aprendizes, e desenvolve trabalhos em instituições sociais. “Uma mulher empreendedora, corajosa, já revelou tantos talentos, com uma participação comunitária muito importante. Sou fã do seu trabalho”, afirmou a prefeita Raquel Lyra (PSDB), em vídeo apresentado no plenário da Casa.

O presidente Bruno, em seu momento na tribuna, ressaltou a importância de continuar lutando por mais direitos. “Ainda estamos distantes do desejado. As mulheres ainda ocupam poucos cargos efetivos na política e essa baixa representatividade feminina reflete no atraso de políticas públicas que possam reduzir a desigualdade de gênero”. Os demais edis também saudaram as mulheres e reforçaram a necessidade de continuar lutando por mais igualdade, respeito e políticas públicas. “Hoje é um dia de luta, de resistência, de ressignificação, da gente pensar o papel da mulher enquanto sujeito de cidadania em exercício pleno de seus direitos. Em mais de 100 anos, o Poder Legislativo de Caruaru teve apenas 8 representações femininas, ainda somos poucas”, afirmou Perpétua Dantas (PSDB).   

Ainda na ocasião, os parlamentares votaram 52 proposituras da ordem do dia. Fagner Fernandes (PDT) pediu destaque para o seu requerimento nº 679/2022. A matéria, subscrita pela bancada de oposição, solicita, ao Poder Executivo, a retirada do Projeto de Lei nº 9.243/2022 que trata da remuneração do Conselheiro Tutelar do município. De acordo com o vereador,  o texto do PL como está não contempla, nem valoriza o trabalho desses servidores. Na justificativa da propositura estão anexados quatro projetos, elaborados pela categoria, para que a prefeita possa avaliar e reenviar uma nova proposta à Casa Legislativa. 

Acompanhe as atividades do Poder Legislativo através das redes sociais, da TV Câmara, canal 22.2 e confira o andamento de todas as matérias que tramitam na Casa pelo Sistema de Apoio ao Processo Legislativo (SAPL).


Vereadora solicita a instituição de um Conselho Municipal de Direitos Humanos, em Sessão Plenária

por Comunicação — publicado 03/03/2022 21h58, última modificação 03/03/2022 21h58
Vereadora solicita a instituição de um Conselho Municipal de Direitos Humanos, em Sessão Plenária

Foto: Vladimir Barreto

 

A vereadora Perpétua Dantas (PSDB) destacou, na Sessão Plenária Virtual da quinta-feira (03), seu requerimento nº 565/2022. A matéria visa a instituição de um Conselho Municipal de Direitos Humanos. Dantas ressaltou que essa propositura é um pedido de reiteração, pois já havia solicitado a medida no ano de 2021, atendendo a pedido da população, mas não houve retorno da gestão. Ela também destacou sua indicação, a Secretaria da Mulher do Estado, nº 50/2022, que demanda a reativação dos plantões aos finais de semana da Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher (DEAM). A parlamentar trouxe dados do Correio Braziliense, “37% das ocorrências de agressões e mortes dentro de casa acontecem no fim de semana” afirmou.

Na ocasião, os edis aprovaram 45 proposituras da ordem do dia e discutiram sobre o Projeto de Lei 9.242/2022 do Poder Executivo que tem o objetivo de atualizar o piso salarial dos servidores da educação básica no município. O presidente da Casa, Bruno Lambreta (PSDB), e os demais vereadores da base do governo afirmaram que a iniciativa da reunião, que aconteceu na quarta-feira (02), com a prefeita, para discutir o PL foi da própria bancada.

Fagner Fernandes (PDT) ressaltou que a bancada da oposição não participou da reunião, pois a demanda partiu da situação, mas afirmou que já estão sendo feitas todas as articulações com os movimentos e deixou claro ser contra o texto do PL como está. O Cabo Cardoso (PP) disse que o município precisa seguir o que a Lei manda e pagar os 33,24 aos profissionais da educação.

O presidente Bruno Lambreta, afirmou que diante da reunião com Raquel Lyra já é possível observar os avanços com relação ao PL e que, inclusive, amanhã já está marcada uma reunião com o sindicato e outras entidades.

Acompanhe as atividades do Poder Legislativo através das redes sociais, da TV Câmara, canal 22.2 e confira o andamento de todas as matérias que tramitam na Casa pelo Sistema de Apoio ao Processo Legislativo (SAPL).

Presidente da Câmara, Bruno Lambreta, recebe grupo de professores para discutir PL do Executivo

por Comunicação — publicado 03/03/2022 17h43, última modificação 03/03/2022 17h43
Presidente da Câmara, Bruno Lambreta, recebe grupo de professores para discutir PL do Executivo

Foto: Vladimir Barreto

O presidente da Casa, Bruno Lambreta (PSDB), recebeu, na quinta-feira (03), um grupo de professores, representado pelo professor e integrante do Confundeb, Claudionor Bezerra. O grupo veio tratar de questões relacionadas ao Projeto de Lei 9.242/2022, propositura do Poder Executivo que tem o objetivo de atualizar o piso salarial dos servidores da educação básica no município.

Também estiveram presentes na reunião, os parlamentares Carlinhos da Ceaca (MDB), Maurício Caruaru (Podemos), Aline Nascimento (Cidadania) e o consultor jurídico da Casa, José Neto.

Na quarta-feira (02), o presidente Bruno e os edis da base estiveram reunidos com a prefeita Raquel Lyra a fim de discutir e entender melhor a situação do PL dos professores. A ocasião serviu para que os parlamentares levassem seus questionamentos e os da população com relação ao projeto.

O professor Claudionor afirmou que uma das principais reivindicações é que o texto do PL da forma como está traz um prejuízo muito grande, principalmente,  à categoria de professores efetivos, porque o percentual de 10,16 não terá repercussão na carreira da classe. “A gente sabe que o piso é lei e a lei tem que ser cumprida. A administração traz uma posição de dotação orçamentária, mas a gente sabe que o Fundeb é uma verba específica que vem para o pagamento de professores e que o Novo Fundeb é no mínimo 70% para o pagamento de professores e no máximo 90%. A perspectiva é que o executivo faça valer a lei e que esse percentual de 33,24 seja linear para todos os profissionais da educação, que é o que rege a lei do Novo Fundeb”, afirmou o professor.

A professora Sheyla Oliveira, destacou que esse é mais um PL do Poder Executivo que desrespeita a classe de professores. “O projeto não cumpre com o que estabelece o PCC, ou seja, a valorização do professor que vem sendo ainda mais prejudicado visto o último reajuste que só atingiu os contratados que vinham também ao longo dos últimos anos recebendo abaixo do piso que é o estabelecido por Lei. Quando o PL apresenta um reajuste que não contempla a classe, se abstém da responsabilidade com a educação no município”.

Claudionor elogiou a condução do presidente da Casa e agradeceu a ele e em extensivo a todos os parlamentares pela sensibilidade de escutar a categoria.

Acompanhe as atividades do Poder Legislativo através das redes sociais, da TV Câmara, canal 22.2 e confira o andamento de todas as matérias que tramitam na Casa pelo Sistema de Apoio ao Processo Legislativo (SAPL).

Mesa Diretora anuncia retorno das atividades presenciais do Poder Legislativo

por Comunicação — publicado 02/03/2022 12h55, última modificação 02/03/2022 13h01
Mesa Diretora anuncia retorno das atividades presenciais do Poder Legislativo

Foto: Vladimir Barreto

 

A Câmara Municipal de Caruaru comunica, através da Portaria nº 182/2022, o retorno das atividades presenciais para a próxima segunda-feira (07). Diante das flexibilizações definidas pelo Governo do Estado, no Plano de Convivência com a Covid-19, da queda nos números de casos em Pernambuco e do desejo manifestado por diversos parlamentares sobre o retorno das reuniões presenciais, a Mesa Diretora deliberou o encerramento das atividade pelo Sistema de Deliberação Remota (SDR).

A retomada das atividades irá acontecer, inicialmente, através do modelo híbrido, o que permite a participação dos edis tanto presencialmente quanto pelo acesso remoto.

O acesso da população às dependências do Poder Legislativo será limitado a apenas um visitante por gabinete, ficando autorizada a entrada de um novo visitante após a saída do que tenha ingressado anteriormente.

Acompanhe as atividades do Poder Legislativo através das redes sociais, da TV Câmara, canal 22.2 e confira o andamento de todas as matérias que tramitam na Casa pelo Sistema de Apoio ao Processo Legislativo (SAPL).

Parlamentares discutem aumento do piso salarial dos servidores da educação

por Comunicação — publicado 01/03/2022 21h07, última modificação 01/03/2022 21h07
Parlamentares discutem aumento do piso salarial dos servidores da educação

Foto: Vladimir Barreto

 

Na sessão plenária virtual, da terça-feira (01), as vereadoras e vereadores discutiram o Projeto de Lei nº 9.242/2022. A propositura é do Poder Executivo e tem o objetivo de atualizar o piso salarial dos servidores da educação básica no município, o texto prevê um reajuste de 10,16%. Os edis ainda discutiram o PL 9.243/2022, também do Executivo. O projeto visa o reajuste de 14,81% no piso dos conselheiros tutelares de Caruaru. O presidente da Casa, Bruno Lambreta (PSDB), ressaltou a importância do reajuste salarial e afirmou que as proposituras serão discutidas, para os devidos ajustes e adequações, antes da aprovação em plenário.

Perpétua Dantas (PSDB) destacou que o aumento do piso é vergonhoso diante dos outros municípios e que de fato é necessário um diálogo com as classes. O Cabo Cardoso (PP) também demonstrou frustração com relação ao reajuste. De acordo com ele, os conselheiros precisam de mais respaldo do município, visto que ocupam uma profissão arriscada, pois estão na linha de frente no combate de crimes contra crianças e adolescentes. Dantas e Cardoso ainda destacaram que têm recebido ligações, dos conselheiros e profissionais da educação, cobrando um posicionamento com relação ao reajuste.

Leonardo Chaves (PSDB) apresentou o requerimento nº 489/2022. A matéria solicita a realização de uma audiência pública com objetivo de debater, justamente, as “condições de trabalho, segurança e baixos salários pagos a conselheiros tutelares”. A justificativa da propositura ainda ressalta que o piso da classe no município de Caruaru é um dos mais baixos do Estado.

Na ocasião, as vereadoras e vereadores aprovaram 61 proposituras da ordem do dia e lamentaram os desdobramentos sociais e econômicos da invasão da Ucrânia pelas tropas russas.

Acompanhe as atividades do Poder Legislativo através das redes sociais, da TV Câmara, canal 22.2 e confira o andamento de todas as matérias que tramitam na Casa pelo Sistema de Apoio ao Processo Legislativo (SAPL).

Vereadores cobram obras de saneamento em Plenária Virtual

por Comunicação — publicado 24/02/2022 23h32, última modificação 24/02/2022 23h32
Vereadores cobram obras de saneamento em Plenária Virtual

Foto: Vladimir Barreto


Parlamentares fizeram um apelo, na sessão plenária virtual da quinta-feira (24), ao secretário de obras do município, Rodrigo Miranda, para que sejam tomadas as devidas providências com relação às obras de saneamento de Terra Vermelha, Malhada de Pedra e Vila do Rafael. O presidente da Casa, Bruno Lambreta (PSDB), destacou que falta comunicação da Secretaria de Urbanismo e Obras com a população. “Precisa ficar claro para a população os desdobramentos dessas obras. Se a empresa responsável pelas obras não tá querendo resolver, judicializa”, pontuou o presidente. Ainda na sessão, foram aprovadas 67 proposituras da ordem do dia.

Anderson Correia (PP) falou sobre a violência em Caruaru. Ele ressaltou que a falta de iluminação pública em alguns pontos da cidade tem facilitado a criminalidade. O parlamentar destacou seu requerimento nº 516/2022 que solicita a manutenção e a ampliação da iluminação pública na Av. Portugal, no bairro Universitário. De acordo com Correia, moradores do local entraram em contato com o seu gabinete e relataram a falta de iluminação e insegurança na localidade, além disso, também há relatos de arrastões na avenida. O edil também fez uma indicação, nº 43/2022, a Secretária de Defesa Social (SDS), em que solicita um reforço policial na Av. Portugal. 

Perpétua Dantas (PSDB) falou sobre seu requerimento nº 487/2022. A matéria é um pedido de informação com relação ao Programa Aprender com Saúde, iniciativa desenvolvida nas escolas da rede municipal com objetivo de realizar uma triagem oftalmológica nas crianças. Dantas disse que recebeu uma denúncia de pais de alunos, em seu gabinete, e o mesmos relataram que a triagem tem sido feita por profissionais sem habilitação técnica para fazer esse tipo de procedimento. 

O presidente da Casa e demais edis celebraram os 90 anos do voto feminino no Brasil. Bruno, em nome da professora Sinhazinha, primeira mulher eleita vereadora no município, saudou suas quatro colegas de legislatura, Aline Nascimento (Cidadania), Mery da Saúde (PSD), Kátia da Rendeiras (Republicanos) e Perpétua Dantas (PSDB). 

Acompanhe as atividades do Poder Legislativo através das redes sociais, da TV Câmara, canal 22.2 e confira o andamento de todas as matérias que tramitam na Casa pelo Sistema de Apoio ao Processo Legislativo (SAPL).


Vereadora pede atenção para violência na zona rural e urbana de Caruaru

por Comunicação — publicado 22/02/2022 21h58, última modificação 22/02/2022 21h58
Vereadora pede atenção para violência na zona rural e urbana de Caruaru

Foto: Vladimir Barreto

 

A parlamentar Aline Nascimento (Cidadania) fez um apelo, na Sessão Plenária Virtual da terça-feira (22), para que seja dada a devida atenção ao aumento da violência na zona rural e urbana do município. Ela afirmou que tem recebido muitas notificações em seu gabinete, com relação ao crescente número de casos de violência em Caruaru. Nascimento destacou que esteve com o Tenente Coronel do 4º Batalhão da Polícia Militar (BPM), Adriel Serafim, e o mesmo ressaltou a importância das notificações por parte da população, pois, só com elas é possível registrar o Boletim de Ocorrência (BO) e tomar conhecimento dos crimes e das localidades onde estes ocorrem com frequência. O presidente da Casa, Bruno Lambreta (PSDB), apoiou a fala da colega e enfatizou que é necessário que o Governo do Estado aumente o efetivo do 4º BPM, pois atualmente eles operam com uma equipe reduzida.

Em sua vez de fala, o vereador Ranilson Enfermeiro (PSDB) chamou a atenção para outro assunto importante: disse que desde de 2013 tem lutado pela construção de uma Unidade de Saúde no Alto do Moura, pois, além do bairro ser cercado por onze comunidades, continua crescendo de maneira significativa e a população local tem cobrado bastante. “É preciso desafogar o centro e dar a devida atenção que um bairro como o Alto do Moura necessita”, afirmou o edil.

As vereadoras e vereadores também falaram sobre seus requerimentos. Mery da Saúde (PSD) destacou seu requerimento nº 488/2022 que solicita a fiscalização dos equipamentos básicos da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Vassoural. De acordo com o relato de um cidadão, presente na justificativa da propositura, seu pai precisou ser transferido da unidade, mas não pode por causa da falta de macas.

Fagner Fernandes (PDT) falou sobre o requerimento nº 438/2022. A matéria solicita, junto ao Secretário de Serviço Público, Ytalo Farias, a manutenção dos pontos de distribuição de sacolas para o recolhimento de fezes de animais domésticos. Ele também destacou o requerimento nº 434/2022 que prevê a realização de uma Audiência Pública a fim de discutir a prevenção e o combate da Esporotricose, micose que acomete humanos e animais, causando nódulos e úlceras na pele.

Acompanhe as atividades do Poder Legislativo através das redes sociais, da TV Câmara, canal 22.2 e confira o andamento de todas as matérias que tramitam na Casa pelo Sistema de Apoio ao Processo Legislativo (SAPL).

Atualização do Plano de Cargos e Carreiras do Poder Legislativo é aprovado em Sessão Plenária

por Comunicação — publicado 17/02/2022 23h35, última modificação 17/02/2022 23h35
Atualização do Plano de Cargos e Carreiras do Poder Legislativo é aprovado em Sessão Plenária

Foto: Vladimir Barreto

 

A Câmara de Vereadores de Caruaru aprovou, na Sessão Plenária Virtual, da quinta-feira (17), o Projeto de Lei Complementar nº 114/2022 de autoria da Mesa Diretora. A matéria trata da atualização do Plano de Cargos e Carreiras dos servidores do Legislativo, bem como da atualização salarial dos servidores comissionados e efetivos da Casa. De acordo com a justificativa do PLC, “desde 2014 esses servidores não eram contemplados com a reposição das perdas salariais”. Além disso, o texto ainda ressalta que a atualização não vai afetar os limites da despesa de pessoal do Legislativo. O impacto orçamentário será de 6,30% no exercício de 2022, em 2023 de 2,14% e de 3,89% no exercício de 2024. Ainda na ocasião, foram aprovados mais dois Projetos de Lei da Mesa Diretora, um Projeto de Resolução e 132 proposituras da ordem do dia, entre requerimento e indicações. 

O PL nº 9.223/2022 prevê uma cota de alimentação e combustível para o exercício das atividades parlamentares. A iniciativa está em sintonia com as disposições da legislação pertinente no âmbito dos poderes Federal e Estadual. O PL nº 9.224/2022 tem o objetivo de atualizar a Lei Municipal nº 5.378/2014. De acordo com a justificativa do texto, a propositura visa “organizar a concessão de diárias – previsão legal que atenda aos preceitos constitucionais – bem como redirecionar competências administrativas que estão dispostas de forma equivocada no texto atual”. As duas propostas são da Mesa Diretora e foram aprovadas por maioria da Casa.  

Os parlamentares também discutiram e votaram o PL nº 9218/2022 do Poder Executivo. A propositura solicitava a autorização para abertura de Crédito Adicional Suplementar. A bancada da oposição, composta pela vereadora Perpétua Dantas (PSDB) e os vereadores Fagner Fernandes (PDT) e Cabo Cardoso (PP), se manifestaram contrários à proposta. Eles afirmaram que faltou transparência por parte do Executivo, já que a matéria não trouxe um detalhamento com o destino da verba. Além dos três parlamentares da oposição, mais oito vereadores votaram contra o PL, que foi rejeitado com 11 votos negativos.

Acompanhe as atividades do Poder Legislativo através das redes sociais, da TV Câmara, canal 22.2 e confira o andamento de todas as matérias que tramitam na Casa pelo Sistema de Apoio ao Processo Legislativo (SAPL).


Parlamentares discutem violência e infraestrutura em Sessão Plenária

por Comunicação — publicado 16/02/2022 08h58, última modificação 16/02/2022 08h58
Parlamentares discutem violência e infraestrutura em Sessão Plenária

Foto: Vladimir Barreto


A vereadora Kátia da Rendeiras (Republicanos) fez um apelo ao Departamento de Energia do município, na sessão plenária virtual da terça-feira (15), para que seja feita uma vistoria na iluminação do bairro Rendeiras. De acordo com a parlamentar, uma das principais praças do bairro está sem iluminação alguma. “A população está no escuro. Sem iluminação, aumentaram os assaltos a pedestres e motociclistas”. A parlamentar ainda fez um apelo ao 4º Batalhão da Polícia Militar para que sejam realizadas mais rondas na localidade, alertando que a violência aumentou significativamente nas últimas semanas. 

Ranilson Enfermeiro (PSDB) falou sobre a situação da Av. Leão Dourado, que dá acesso ao bairro Alto do Moura. O edil afirmou que tem ocorrido acidentes constantes na via, por causa da quantidade de buracos. “A população tem colocado areia e barro para tapar os buracos”. Ranilson pediu que o secretário de obras, Rodrigo Miranda, tome as devidas providências para solucionar o problema o mais rápido possível, visto que a avenida possui um fluxo intenso e interliga bairros importantes.

Mery da Saúde (PSD) destacou seu requerimento nº 268/2022 que prevê a construção de um Centro Agrícola na Vila do Murici. A vereadora disse que essa é uma solicitação da população do local e que visa muitos benefícios, entre eles, o estímulo à Agricultura Familiar. Fagner Fernandes (PDT) também falou sobre seu requerimento nº 319/2021. A matéria trata de um pedido de informação detalhado sobre a real situação dos veículos contratados para prestar serviços de transporte escolar no município. 

Ainda na ocasião, foram aprovadas 77 proposituras da ordem do dia, entre elas, requerimentos e indicações. 

Acompanhe as atividades do Poder Legislativo através das redes sociais, da TV Câmara, canal 22.2 e confira o andamento de todas as matérias que tramitam na Casa pelo Sistema de Apoio ao Processo Legislativo (SAPL).


Parlamentares repercutem as denúncias sobre o transporte de alunos da rede de ensino municipal

por Comunicação — publicado 11/02/2022 09h10, última modificação 16/02/2022 09h01
Parlamentares repercutem as denúncias sobre o transporte de alunos da rede de ensino municipal

Foto: Vladimir Barreto


Em reunião plenária na quinta-feira (10), vereadoras e vereadores discutiram sobre as denúncias e irregularidades apontadas pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) durante abordagem aos veículos que prestam serviço à rede municipal de educação. Jorge Quintino (PTB) afirmou o compromisso do Legislativo em buscar a verdade dos fatos apresentados. "A Comissão de Educação, Cultura e Esportes acompanha e fiscaliza de perto, passo a passo, no que se refere ao transporte escolar e a possível má gestão do serviço. Prestar serviços de transporte de qualidade para os alunos de Caruaru é uma obrigação e não compactuamos com eventuais irregularidades.", concluiu. Perpétua Dantas (PSDB) comentou sobre seu requerimento nº 281/22 que convoca o secretário de educação e funcionários responsáveis pelo transporte a comparecerem à Câmara e prestarem os devidos esclarecimentos.

O parlamentar Carlinhos da Ceaca (MDB) denunciou a dificuldade de ser atendido pela Secretaria de Obras do município. Galego de Lajes (MDB) corroborou a fala e expôs o atraso e falta de atendimento do secretário de obras. "Quantas vezes será necessário eu pedir nesta tribuna para que se cumpram os prazos e os pedidos? Fico indignado com tamanha lentidão na execução das obras em Caruaru, e enquanto isso, o povo sofre.”, afirmou Galego. Ainda no tema, Val Lima (PSL) e Anderson Correia (PP) concordaram com o exposto. Correia ainda expressou sua preocupação com a situação do bairro Luiz Gonzaga, onde a Compesa e a Secretaria de Obras não cumprem as obrigações. “A população reclama de esgoto e ruas esburacadas e não há nenhuma movimentação do poder público para as melhorias da localidade.”, disse Correia.

Ranilson Enfermeiro (PSDB) comentou sobre as obras na Escola Mestre Vitalino e entornos, onde parabenizou a prefeitura pela conclusão do projeto. Lula Torres (PSDB) repercutiu os projetos concluídos na Vila de Peladas e região. Torres lembrou do calçamento de mais de 2 quilômetros de ruas na localidade, ampliação do número de vagas da creche municipal e a troca das lâmpadas dos postes de iluminação. "Me sinto feliz, juntando nossos mandatos, de cada um dos parlamentares, de ver essas mudanças ocorrendo para o bem estar da população.", afirmou. 

Fagner Fernandes (PDT) destacou na tribuna seus requerimentos a serem votados. Fernandes pediu a disponibilização e distribuição de coleiras para serem usadas em cães, para coibir a disseminação da leishmaniose visceral. Também pediu a realização de Audiências Públicas para promover o Bem Estar Animal e para controlar as zoonoses nos animais de rua. 

Ainda na reunião, os edis aprovaram 80 requerimentos e indicações e foram apresentados 85 novos Projetos de Lei, Projetos de Lei Complementar, Projetos de Decreto Legislativo, requerimentos e indicações, com destaque ao PL nº 9223/2022, que institui a Cota para o Exercício da Atividade Parlamentar Municipal, para arcar com os custos de alimentação e transporte de cada vereador. A verba não será obrigatória e só será paga se o parlamentar fizer a solicitação. A lei também instituirá verba de representação para a presidência da Câmara. O projeto segue para os trâmites formais do Legislativo. 

Acompanhe as atividades do Poder Legislativo através das redes sociais, da TV Câmara, canal 22.2 e confira o andamento de todas as matérias que tramitam na Casa pelo Sistema de Apoio ao Processo Legislativo (SAPL).

Presidente do Legislativo de Caruaru fala sobre retomada das obras nas escadarias do Monte Bom Jesus

por Comunicação — publicado 09/02/2022 09h03, última modificação 09/02/2022 09h03
Presidente do Legislativo de Caruaru fala sobre retomada das obras nas escadarias do Monte Bom Jesus

Foto: Vladimir Barreto

 

O vereador e presidente da Casa, Bruno Lambreta (PSDB), falou sobre seu requerimento nº 179/2022, na sessão plenária da terça-feira (08). A matéria prevê a continuidade das obras de recuperação das escadarias do Monte Bom Jesus. De acordo com ele, além de um importante ponto de atração turística, é necessário garantir, para os moradores do local, condições de ir e vir com segurança. O presidente também apresentou o requerimento nº 180/2022, que visa a construção de uma Unidade de Saúde da Família (USF) no bairro Divinópolis. “É preciso oferecer à população melhores condições de infraestrutura e consequentemente mais qualidade de vida”, finalizou. 

Ainda na ocasião, a vereadora Perpétua Dantas (PSDB) destacou o requerimento nº 140/2022, a propositura é de sua autoria e solicita, a Secretária de Infraestrutura Urbana e Obras, a manutenção do calçamento da Via Parque. A parlamentar afirmou que a matéria é fruto da denúncia de um cidadão que sofreu um acidente de bicicleta no local. De acordo com justificativa do requerimento, existem lacunas entre os trilhos que precisam ser reparadas. 

Dantas ainda pediu para subscrever o requerimento nº 167/2022, do vereador da oposição Cabo Cardoso (PP). Ele tem objetivo de alterar o número de vagas, do concurso público para Guarda Municipal, de 23 para 73 guardas municipais. A justificativa da matéria afirma que atualmente o equipamento conta com apenas 127 guardas e que, em conformidade com a Lei nº 13.022/2014, uma cidade do tamanho de Caruaru deveria ter no mínimo 200 profissionais ativos, quantidade alcançada caso a propositura do Cabo seja atendida. 

Acompanhe as atividades do Poder Legislativo através das redes sociais, da TV Câmara, canal 22.2 e confira o andamento de todas as matérias que tramitam na Casa pelo Sistema de Apoio ao Processo Legislativo (SAPL).

Vereadora propõe audiência pública para discutir escassez do barro no Alto do Moura

por Comunicação — publicado 04/02/2022 08h50, última modificação 04/02/2022 08h50
Vereadora propõe audiência pública para discutir escassez do barro no Alto do Moura

Foto: Vladimir Barreto


Perpétua Dantas (PSDB) falou, na sessão da quinta-feira (03), sobre seu requerimento nº 129/2022. A matéria solicita uma audiência pública a fim de discutir a escassez do barro no Alto do Moura. A vereadora disse que foi procurada por moradores, artesãos e estudantes, os mesmos se queixaram que além de enfrentar a escassez, também estão tendo que concorrer e disputar a matéria prima com empresas e produtores de cerâmicas e telhas. Dantas ainda ressaltou a importância da produção de barro no Alto do Moura, já que é sustento de mais de 800 pessoas na região. Além disso, foram aprovadas 71 proposituras da ordem do dia. 

Ainda na sessão, o edil Leonardo Chaves (PSDB) disse que foi procurado por moradores da rua Lenildo Lima, no bairro Indianópolis, e os mesmos pediram que o vereador tomasse uma providência com relação a metralha que se encontra há meses no local. Chaves relatou que apresentou o requerimento nº 4389/2021 solicitando serviços de limpeza na localidade, mas que não obteve resposta do secretário de Serviços Públicos Ítalo Farias. Leonardo também falou sobre o lixo acumulado na rua La Paz, no bairro João Mota. 

Mery da Saúde (PSD) também trouxe questões relacionadas à infraestrutura do município. A vereadora apresentou o requerimento nº 116/2022, que solicita serviços de pavimentação asfáltica na rua Rodopiano Florêncio, no bairro do Salgado, e também o nº 118/2022, que requer serviços de pavimentação na rua Arizona, também no bairro do Salgado. Mery ainda destacou que a referida rua é uma das principais do bairro e precisa de atenção urgente.

Acompanhe as atividades do Poder Legislativo através das redes sociais, da TV Câmara, canal 22.2 e confira o andamento de todas as matérias que tramitam na Casa pelo Sistema de Apoio ao Processo Legislativo (SAPL).


Ações do documento