PL que concede recursos aos profissionais da educação é analisado em reunião das comissões

por Equipe Comunicação — publicado 08/09/2021 12h45, última modificação 10/09/2021 10h28

Em reunião conjunta das comissões na quarta-feira (08), o Projeto de Lei nº 9.099/2021, de autoria do Poder Executivo, foi analisado e recebeu parecer favorável. A iniciativa é parte do Programa Tempo Certo e concede, aos profissionais da rede municipal de educação, o valor de 50 reais para contratação de pacotes de dados móveis ou fixo. O secretário de educação João Paulo, esteve presente e afirmou que a medida tem o objetivo de garantir que as professoras e professores possam retornar às atividades pedagógicas e desenvolver seus trabalhos com uma melhor conectividade, visto que por causa da pandemia da Covid-19, o ensino da rede municipal passa a ser híbrido. 


Ainda na ocasião, os edis avaliaram o PL nº 9.100/2021. O projeto, também proposto pelo Poder Executivo, visa a filiação do município à rede global, Governos Locais pela Sustentabilidade (ICLEI). De acordo com o secretário de serviços públicos e sustentabilidade, Ytalo Farias, o ICLEI auxiliará o município na elaboração de políticas públicas que visam a sustentabilidade. Os especialistas do ICLEI trabalham em conjunto com os governos locais e regionais para antecipar e responder aos desafios complexos da urbanização e mudanças climáticas. As comissões votaram favoráveis ao PL. 


Também foram analisados 11 Projetos de Lei que denominam logradouros no município e o PL nº 8.909/2021 do vereador Anderson Correia (PP). A propositura de Correia prevê a proibição de realização de tatuagens e a utilização de piercings em animais domésticos e em situação de rua no âmbito municipal. 


Acompanhe a Sessão Plenária Virtual na íntegra através das redes sociais do Poder Legislativo, da TV Câmara, canal 22.2 e confira o andamento de todas as matérias que tramitam na Casa pelo Sistema de Apoio ao Processo Legislativo (SAPL).