Prefeito define doação de terreno para a Câmara

por Victor Vargas — publicado 13/01/2016 00h00, última modificação 08/03/2017 11h19
O prefeito José Queiroz (PDT) sancionou, na manhã desta quarta-feira (13), a Lei Municipal n° 5.621, de 13 de janeiro...

O prefeito José Queiroz (PDT) sancionou, na manhã desta quarta-feira (13), a Lei Municipal n° 5.621, de 13 de janeiro de 2016, que doa terreno da municipalidade para a construção da sede própria da Câmara Municipal, do Sindicato dos Lojistas do Comércio de Caruaru – Sindloja e do Sindicato dos Empregados no Comércio de Caruaru – Sindecc. O ato solene aconteceu no Centro Administrativo da prefeitura. “O Executivo e o Legislativo precisam caminhar juntos. Independente do que esteja em pauta, deve haver ajuda mútua. Mas, somos felizes em constatar que esta gestão vem, de fato, se preocupando com a população. Este terreno vai ajudar bastante em nosso dia a dia, pois todos sabem que, para o município do porte de Caruaru, o espaço onde nos encontramos hoje não é adequado. É mais uma demonstração de que a gestão segue afinada com as necessidades do povo”, comentou o presidente da Câmara, vereador Leonardo Chaves (PSD).  

A doação do terreno para a Câmara, situado entre as avenidas Brasil e Portugal, no Bairro Universitário,vai possibilitar a instalação do Poder Legislativo municipal em uma sede própria, planejada para acomodar todos os departamentos e serviços que são oferecidos à população. A Casa funciona hoje num prédio situado na Rua XV de Novembro, em um anexo alugado na Rua São Sebastião (onde funciona o Arquivo da Câmara, a Escola Legislativa Ministro Fernando Lyra, a Controladoria e a Assessoria Jurídica), além de uma garagem, também alugada, na Rua do Convento. “Apesar das constantes readequações de espaços, hoje a Câmara possui 23 vereadores e a cidade tem uma sociedade organizada que acompanha os trabalhos legislativos, mas o nosso espaço é pequeno. A nova Câmara vai reunir todos os seus serviços e departamentos num só local, oferecendo mais conforto e comodidade, inclusive à população”, concluiu Leonardo Chaves.

Guanabara Comunicação/AscomCâmara
Foto: Secom/PMC
registrado em:
Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.