Marcelo Gomes critica governo federal por falta de atenção no combate ao Aedes aegypti

por Victor Vargas — publicado 02/12/2015 00h00, última modificação 08/03/2017 11h26
“O ministro da Saúde vem aqui dizer que pressionem os deputados federais para que aprovem a CPMF...
“O ministro da Saúde vem aqui dizer que pressionem os deputados federais para que aprovem a CPMF, para que tenha dinheiro para combater o mosquito Aedes aegypti. Era melhor ter ficado em Brasília, ter dado uma entrevista e feito uma videoconferência”, criticou o vereador Marcelo Gomes (PSB), em discurso na reunião da Câmara Municipal de Caruaru, na noite dessa terça-feira (1º).
 
O vereador falou ainda sobre a frustração com o governo federal, que não entende a necessidade de combater o mosquito que transmite a dengue, zika vírus e chikungunya e está relacionado com os mais de 600 casos de microcefalia no Estado. “Quando o governador convoca, numa situação grave, 150 prefeitos para uma reunião com ministros, logo após uma reunião com a presidente Dilma, abertamente fala que tem um problema, os prefeitos ficam esperando ávidos por uma notícia boa dos ministros, que não teve. O governador Paulo Câmara, que anunciou R$ 25 milhões para combater o mosquito, e eu esperávamos que o governo federal apresentasse uma proposta concreta”, salientou o vereador.
 
“Externo a minha decepção com o governo federal, principalmente nesse momento, onde no Nordeste já temos outros problemas como a falta de água e, justamente a necessidade de poupar água contribui para a proliferação do mosquito da dengue”, finalizou Marcelo.
 
Monicky Mel Araújo/AI vereador Marcelo Gomes
Foto: Victor Vargas/AscomCâmara
registrado em:
Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.