Comissão de Ética da “Casa do Povo” pede prorrogação de prazo

por Victor Vargas — publicado 10/10/2013 00h00, última modificação 24/02/2017 08h59
A Comissão de Ética da Câmara Municipal de Caruaru, presidida pela vereador Ricardo Liberato...

A Comissão de Ética da Câmara Municipal de Caruaru, presidida pela vereador Ricardo Liberato (PSC), e composta pelos edis Demóstenes Veras (PTB), Marcelo Gomes (PSB), José Ailton (PDT) e Rozael do Divinópolis (PMN), encaminhou solicitação à presidência da Casa Jornalista José Carlos Florêncio – a Casa do Povo – pedindo prorrogação de prazo para solução do incidente que envolveu os vereadores Jajá (PPS) e Romildo Oscar (PTN). Os dois vereadores serão ouvidos na próxima quarta-feira (16) n,a Sala de Reuniões.

A prorrogação – de mais 30 dias – já que o prazo inicial expira no próximo dia 13 – culmina com a data-limite de 13 de novembro. Na justificativa da prorrogação de prazo, a Comissão de Ética alega os vários desencontros de datas dos membros da Comissão e dos vereadores envolvidos – principalmente Jajá, que alegou impossibilidade de comparecimento por motivos de saúde e apresentou atestados médicos.

Guanabara Comunicação/AscomCâmara

registrado em:
Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.