Câmara aprova abertura de duas CPIs

por Victor Vargas — publicado 12/10/2013 00h00, última modificação 24/02/2017 08h59
A Câmara Municipal de Caruaru aprovou, por maioria, na última quinta-feira (10), a criação de...

A Câmara Municipal de Caruaru aprovou, por maioria, na última quinta-feira (10), a criação de duas CPIs.  A primeira é de autoria do vereador José Ailton (PDT) e pretende investigar se houve improbidade administrativa em relação ao transporte escolar durante a gestão do ex-prefeito Tony Gel (PMDB). O recurso envolvido é de R$ 878.559,98 do Programa Nacional de Apoio ao Transporte Escolar, custeado pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação. As primeiras denúncias partiram da Controladoria Geral da União. De acordo com o relatório da CGU, há indícios de nove irregularidades como “conluio, fraude e execução direta”. 

Já a criação da abertura da segunda comissão é propositura do vereador Gilberto de Dora (PSB), que quer investigações sobre possíveis irregularidades, também apontadas pela CGU, sobre a construção de casas populares no Bairro Cedro também durante a gestão do ex-prefeito Tony Gel. De acordo com o relatório, o Poder Executivo, à época, não concluiu as obras de 150 moradias que seriam destinadas à população.

A verba da construção foi um repasse da Caixa Econômica Federal no valor de R$ 1.056.861,00, com contrapartida do município de R$ 314.000,00. Mas, conforme as denúncias da CGU, as medições da CEF apontam que apenas 13,06% das obras foram executadas. Ou seja, apenas 24 casas foram erguidas e mesmo assim sem portas, janelas e algumas sem a cobertura.

Os dois requerimentos obtiveram as assinaturas da maioria dos parlamentares e, como manda o regimento interno da casa, passaram por votação, onde também conseguiram a maioria. Os vereadores que farão parte das duas comissões ainda serão nomeados pelo presidente da Câmara, vereador Leonardo Chaves (PSD). O prazo para conclusão das investigações é de 60 dias.

Carlos Plácido/AscomCâmara

registrado em:
Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.