Vereadores ouvem possível vítima de agentes de trânsito

por Victor Vargas — publicado 20/11/2013 00h00, última modificação 30/03/2017 12h45
Os vereadores ouviram, na noite desta terça-feira (19), o aposentado José Cordeiro de Souza, de 72 anos...

Os vereadores ouviram, na  noite desta terça-feira (19), o aposentado José Cordeiro de Souza, de 72 anos, alegada vítima do suposto abuso de autoridade de alguns agentes da Destra. Ele relatou aos parlamentares o que teria acontecido na semana passada, quando estacionou seu carro por trás da prefeitura. “Fui levar minha sogra de 79 anos para o oftalmologista. Como não havia vaga de estacionamento, pedi para um flanelinha guardar o veículo enquanto eu deixava minha sogra no consultório”, afirmou o aposentado. Segundo ele, quando voltou ao local onde havia deixado o carro teria encontrado os agentes de trânsito alterados. “Um deles colocou o dedo na minha cara, me mandou calar a boca e me empurrou. Por toda minha vida nunca fui humilhado assim”, contou José Cordeiro.

Na semana passada, os vereadores Gilberto de Dora (PSB) e Cecílio Pedro (PTB) pediram a abertura de uma sindicância para apurar o caso. “Nós queremos saber o que de fato aconteceu e, se for verdade o que ouvimos, precisamos tomar alguma providência. Não podemos deixar um servidor público agir com tanta arrogância com um cidadão.” disse Gilberto de Dora.

De acordo com o presidente da Câmara, vereador Leonardo Chaves (PSD), será encaminhado um ofício à Destra pedindo uma investigação, que deve ser acompanhada pelos parlamentares da Casa Jornalista José Carlos Florêncio.

Carlos Plácido/AI vereador Gilberto de Dora – Guanabara Comunicação/AscomCâmara

registrado em:
Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.