Vereador Neto cobra melhoria salarial para os professores contratados

por Victor Vargas — publicado 16/10/2013 00h00, última modificação 24/02/2017 09h18
O vereador Neto (PMN) aproveitou o Dia dos Professores, comemorado nesta terça-feira (15), e...

O vereador Neto (PMN) aproveitou o Dia dos Professores, comemorado nesta terça-feira (15), e apresentou um requerimento de votos de aplauso para a categoria. O presidente do Sindicato dos Servidores Municipais de Caruaru (Sismuc), Eduardo Mendonça, professor da rede municipal, agradeceu ao vereador por lembrar a data. “Quero agradecer e parabenizar o vereador pela lembrança. Esta é uma categoria no nosso país que pouco se tem valorizado. Espero que o vereador continue nos defendendo nesta Casa”, afirma o presidente.

Durante o discurso no plenário da Câmara, Neto pediu ao Poder Executivo que melhore o salário, através de gratificações, dos professores contratados do município. “É injusto um professor contratado desempenhar as mesmas funções de um professor efetivo e ganhar por este trabalho um salário mínimo. Com os descontos legais, existe professor hoje que fica com menos de R$ 600 para sustentar uma família. Como é que, tratando desse jeito os professores, poderemos desenvolver o nosso município?”, questiona o vereador. De acordo com o Sismuc, trabalham na prefeitura hoje aproximadamente 2.600 professores e destes 1.200 são contratados.

O vereador Neto também leu no plenário a decisão da juíza Roseli Natalin, da 5ª Vara da Fazenda Pública do Rio de Janeiro, que concedeu liminar suspendendo os efeitos das sessões que aprovaram o novo Plano de Cargos e Carreiras (PCC) da categoria naquela cidade. Baseado nesta decisão, o vereador Neto vai acionar o seu Departamento Jurídico para ver a possibilidade de ingressar com um mandado de segurança na justiça para que seja cancelada também a sessão daqui de Caruaru que aprovou o PCC.  “Este plano foi enviado pelo Executivo de última hora para a Câmara e os vereadores não tiveram tempo para analisar. Terminou sendo aprovado e prejudicando os professores”, finaliza o vereador.

Segue, abaixo, o discurso lido pelo vereador Neto na sessão desta terça-feira. 

 “Hoje celebramos o dia de uma das profissões mais importantes: o Dia dos Professores. Pena que este país reconheça esta classe só como despesa e nunca como solução para todos os problemas sociais que enfrentamos hoje. Esta categoria no Brasil sempre foi tratada com uma visão capitalista, que busca nos valores econômicos a resposta para os investimentos aplicados.

Esquecem eles que os professores lidam com seres humanos e este investimento imensurável apresenta ganhos nas áreas da saúde, da tecnologia, do meio ambiente e em todas as áreas que precisamos para construirmos uma sociedade que cresça economicamente e socialmente. 

O modelo político adotado pelos nossos governantes atrofia aqueles que buscam no conhecimento a solução para um dia sermos grandes. A construção de uma ponte vale mais do que a construção de uma escola, asfaltar as ruas vale mais do que a valorizar os professores, investir em propaganda vale mais do que investir em saneamento básico. São obras imediatas que garantem a manutenção do poder e esmagam a inteligência dos poucos que buscaram no conhecimento a forma de se viver. Aos professores demos a missão talvez mais árdua: a de educar sem olhar a quem. Ali podem estar um negro, um pardo, um rico ou um pobre, não importa, todos precisarão do conhecimento para se viver de forma justa.

A nomenclatura ‘terceiro mundo’ é a confirmação de que vivemos de forma subalterna se comparados àqueles que investiram no conhecimento. Ser grande para os países de primeiro mundo significa população esclarecida, população que busca nos estudos a forma de entender o mecanismo das coisas, aí sim os dados econômicos serão somente reflexo de tudo que se investiu no conhecimento.

Tudo isto que vos falo hoje, caros professores e cidadãos caruaruenses, o prefeito que aí está tem conhecimento e sabe como mudar esta realidade, mas vai continuar como tantos outros enxergando só o futuro de uma minoria e fazendo desta nação uma promessa de foguete.

Nunca decolaremos porque a democracia implantada por eles quer uma maioria sem conhecimento, pois desta forma poderão continuar ditando regras e massacrando quem sonha. Investir nos professores, para eles, é acabar com a massa de manobra, é saber que mais protestos virão, é saber que vamos sair de casa conscientes de quantas pessoas estão morrendo no serviço público, quantas crianças estão deixando de estudar por falta de estrutura e das “maracutaias” aprontadas para levar o dinheiro do povo. Enquanto eu estiver nesta Câmara, vou buscar defender o interesse desta minoria chamada educadores para construirmos uma Caruaru diferente.”

AI/vereador Neto

registrado em:
Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.