Presidente do TJPE recebe título de cidadão nesta sexta

por Victor Vargas — publicado 04/12/2015 00h00, última modificação 08/03/2017 11h26
O presidente do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), desembargador Frederico Neves, vem a Caruaru...

O presidente do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), desembargador Frederico Neves, vem a Caruaru nesta sexta-feira (04) para receber o Título Honorífico de Cidadão Caruaruense das mãos do vereador Ricardo Liberato, autor do Projeto de Decreto Legislativo nº 736/2014, que concede a honraria pelos relevantes serviços prestados ao município de Caruaru. Uma sessão solene reunirá amigos, familiares e colegas de profissão do homenageado no Salão do Júri, do Fórum Juiz Demóstenes Batista Veras, às 10h, para celebrar o momento.

Frederico Neves agradeceu a homenagem. “Saber da notícia que receberei o Título de Cidadão de Caruaru é uma grande felicidade, pois esta cidade, por diversos motivos, já está indelevelmente ligada à minha história como cidadão e como magistrado. Agradeço à Câmara de Vereadores, muito especialmente ao vereador Ricardo Liberato, autor da proposta, pela iniciativa”, destacou. Ricardo Liberato justificou a escolha do título. “É com muita honra que faço questão que entregar este título honorífico ao homem que prestou tantos serviços a Caruaru e a Pernambuco”, disse.

A marca de Frederico Neves à frente da presidência do TJPE foi ampliar o acesso à Justiça e aproximar o Judiciário do povo. Em sua gestão, Caruaru recebeu a instalação das Varas de Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher; Central de Agilização Processual do Tribunal de Justiça de Pernambuco; Central de Depoimento Acolhedor; três novos desembargadores do TJPE para atuar na primeira Câmara Regional do Poder Judiciário do Estado; e a instalação da primeira unidade regional do Tribunal da Justiça de Pernambuco.

No Estado, ele estabeleceu alguns pilares: ampliação do horário de atendimento nas Varas Cíveis da capital; expansão do Processo Judicial Eletrônico; nomeação de 72 juízes, dos quais 61 tomaram posse para atuar no interior do Estado; abertura de um novo concurso para reduzir a carência de magistrados em Pernambuco; e descentralização dos serviços de 2º grau do Tribunal de Justiça de Pernambuco.

Frederico Ricardo de Almeida Neves graduou-se bacharel em Ciências Jurídicas pela Universidade Católica de Pernambuco. O seu ingresso na magistratura estadual deu-se em junho de 1985, quando assumiu o cargo de juiz substituto da Comarca de Santa Maria da Boa Vista (Sertão do São Francisco). Em maio de 2002, foi promovido, por merecimento, para o cargo de desembargador do Tribunal de Justiça do Estado de Pernambuco. Ocupou os cargos de diretor do Centro de Estudos Judiciários do Tribunal de Justiça do Estado de Pernambuco em duas gestões e de diretor-presidente da Escola Superior da Magistratura no biênio 2008/2009. Foi ouvidor do Tribunal de Justiça do Estado de Pernambuco (biênio 2010/2011). Respondeu também pelo cargo de corregedor geral da Justiça e foi eleito em 2013 para presidir o Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) no biênio 2014/2015.

AI/vereador Ricardo Liberato
Foto: Vladimir Barreto Rodrigues/AscomCâmara
registrado em:
Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.