Impacto da reforma da previdência na agricultura familiar é debatido no Poder Legislativo

por Setor de Comunicação do Poder Legislativo de Caruaru — publicado 29/03/2017 16h50, última modificação 29/03/2017 16h50

Aconteceu na manhã desta quarta-feira, 29, a audiência pública que debateu os impactos da reforma da previdência nos trabalhadores rurais, no Poder Legislativo de Caruaru. O debate foi que foi promovido pelo Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Caruaru, tratou do impacto que a reforma causará para os agricultores e trabalhadores da agricultura familiar com a perda de benefícios e igualdade de contribuição ao INSS.

Dados e trechos da proposta de reforma da previdência social proposta pelo presidente Michel Temer (PMDB), foram apresentados durante a audiência. Para o presidente do legislativo, Lula Tôrres (PDT), os caruaruenses precisam voltar a entender que a câmara é a casa do povo. “Nós temos o papel de incentivar que aqui sejam debatidos assuntos de interesse e que possam causar impactos direto na vida de todos os caruaruenses. Essa é a casa do povo, não somente a casa dos vereadores, e o povo deve voltar a ocupar esse espaço, debater, propor, cobrar, porque somente assim nós vamos conquistando aos poucos as melhorias para a Caruaru que queremos que nossos filhos e netos possam viver”, aponta.  

Estiveram presentes na audiência Manoel Almeida, presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Caruaru, Carlos Vera, presidente da Central Única dos Trabalhadores (CUT), Duriel Barros, presidente da Federação dos Trabalhadores Rurais, Agricultores e Agricultoras Familiares de Pernambuco e os vereadores, Tafarel Felix (PRP), Edmilson do Salgado (PCdoB), Pierson Leite (PSD), Italo Henrique (PSD), Ricardo Liberato (PDT), Sérgio Siqueira (PTdoB), Daniel Finizola (PT), Zezé Parteira (PV), Fagner Fernandes (PTdoB), Heleno Oscar (PEN), Marcelo Gomes (PSB), Bruno Lambreta (PDT), Lula Tôrres (PDT) e Galego de Lajes (PSD).

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.