Comissão de Direitos Humanos visita detentos

por Victor Vargas — publicado 24/05/2013 00h00, última modificação 15/03/2017 09h16
Na última segunda-feira (20), a Comissão de Direitos Humanos da Câmara Municipal de Caruaru...

Na última segunda-feira (20), a Comissão de Direitos Humanos da Câmara Municipal de Caruaru, composta pelos vereadores Neto (PMN), Heleno do Inocoop (PRTB) e Pastor Jadiel Nascimento (PRTB), visitou a Penitenciária Juiz Plácido de Souza. A missão dos vereadores foi checar as condições de higiene do local e conversar com os detentos, ouvindo suas reclamações e petições. “A dificuldade de espaço no presídio é visível, corredores lotados, pavilhões tumultuados, banheiros em péssimas condições de uso”, avaliou o presidente da comissão, vereador Pastor Jadiel Nascimento. Na chegada da comitiva, um flagra: funcionários eram vistos retirando sacos e mais sacos de lixo pelo portão de saída de serviço. “Isso leva a crer que foi feita uma limpeza prévia, antes da comissão chegar”, comentou o vereador.

A maior reclamação dos presidiários, anotada pela comissão, foi o que eles chamam de “passar cadeia”, ou seja, estão cumprindo uma pena maior do que a determinada pela Justiça. Outros detentos estão lá há meses – muitos até anos – aguardando uma audiência, o que deixa o lugar superlotado. A Penitenciária Juiz Plácido de Souza tem capacidade para 380 pessoas, mas está hoje com 1.308 detentos, dados da própria instituição.

Diego Caires/ AI Vereador Jadiel Nascimento

registrado em:
Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.