Câmara aprova projeto de lei de aleitamento materno e ampliação do Expresso Cidadão

por Victor Vargas — publicado 07/06/2016 00h00, última modificação 08/03/2017 10h15
Na 32ª reunião pública ordinária da 4ª sessão legislativa da Câmara Municipal de Caruaru, realizada...

Na 32ª reunião pública ordinária da 4ª sessão legislativa da Câmara Municipal de Caruaru, realizada na noite desta terça-feira (07), os vereadores aprovaram dez projetos de lei, trinta e dois requerimentos e quatro indicações. Oito dos projetos de lei aprovados em primeira discussão – todos de autoria de vereadores – foram para nominação de ruas nos bairros da Nova Caruaru e o José Carlos Oliveira. Os outros dois projetos de lei, aprovados em segunda discussão, foram do vereador Heleno do Inocoop (PRTB), dispondo sobre o direito do aleitado materno, e do vereador Gilberto de Dora (PSDB), instituindo a obrigatoriedade dos bares, restaurantes, lanchonetes e similares a disponibilizarem informações sobre cobrança de couvert artístico em local de ampla visibilidade.

Também aprovados os trinta e dois requerimentos (quinze reiterações) e as quatro indicações apresentadas, com destaque para as do vereador Heleno do Inocoop, que solicitou do governo do Estado implantação de Expresso Cidadão no Salgado e no José Carlos de Oliveira, e a do vereador Gilberto de Dora, que solicitou, também do Estado, reforma do aeródromo Oscar Laranjeiras.

Críticas – Presidida pelo vereador Lula Tôrres (PDT), a reunião foi movimentada com discursos críticos à prefeitura e ao governo do Estado. O primeiro a usar a tribuna foi o vereador Heleno do Inocoop, que protestou contra a falta de segurança na cidade, com os registros de homicídios aumentando a cada dia. Já o vereador Carlos Santos (PRB) aproveitou para convidar os seus pares para participar da audiência pública sobre o extermínio da juventude negra, marcada para o dia 16, propositura de sua autoria. “A chance de um jovem negro ser assassinado é onze vezes maior do que um branco da mesma faixa etária”, redarguiu o parlamentar.

Por sua vez, o vereador Gilberto de Dora (PSDB) foi ácido em seu discurso. Falou que esteve no sábado (04) acompanhando a deputada estadual Raquel Lyra e o ex-governador João Lyra Neto (ambos também do PSDB) na abertura dos festejos juninos de Caruaru e classificou de “favela” a estrutura de madeira utilizada pela prefeitura no polo da Estação Ferroviária. “Poderiam ter pelo menos trocado a madeira da fachada das casas – parece mais uma favelinha, sem pintura, sem cuidado. Espero que a presidente da Fundação de Cultura observe isso”, criticou o oposicionista.

As críticas aumentaram quando o vereador Jajá (PSDC) subiu à tribuna. Ele falou da inauguração da primeira fase do Projeto Revitalino, no Alto do Moura, ocorrido na última sexta-feira (03). “Em 29 de janeiro de 2014 o prefeito José Queiroz liberou 3 milhões e 859 mil reais para a empresa que iria executar o projeto e em 15 metros de calçada gastaram mais de um milhão e meio de reais. Como pode ser isso?”, questionou Jajá.

O vereador Ranilson Enfermeiro (PDT) saiu em defesa da prefeitura e destacou o benefício que a obra trouxe para o Alto do Moura, comunidade em que vive há 42 anos. “Apesar das dificuldades que o país enfrenta, a prefeitura conseguiu fazer o seu trabalho e construiu calçadão, praça, estacionamento para 1.200 veículos, cercado e com segurança – isso é bom para o Alto do Moura, isso é bom para Caruaru”, comentou Ranilson.

UVP – O presidente da União dos Vereadores de Pernambuco, Josinaldo Barbosa (PTB), também presidente da Câmara Municipal de Timbaúba, prestigiou a reunião e aproveitou para convidar os colegas a visitarem a sede da entidade, no Recife, e participarem do congresso que a UVP vai realizar em Caruaru no final do mês.

A próxima reunião foi convocada pelo presidente dos trabalhos, vereador Lula Tôrres, para a quinta-feira (09), às 20h. A súmula com a Ordem do Dia desta 32ª reunião pública ordinária da 4ª sessão legislativa está disponível no Portal da Câmara – www.camaracaruaru.pe.gov.br.

Guanabara Comunicação/AscomCâmara
Fotos: Gabriela Kopinits/AscomCâmara

registrado em:
Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.